IMPOSTO de RENDA 2021: Quem deve DECLARAR, PRAZO e TABELA – RECEITA ANUNCIA REGRAS para ESTE ANO!

Alexandre Guglielmelli
Atualizado Hoje!

A RECEITA vai anunciar as REGRAS para o IMPOSTO de RENDA 2021:  Saiba tudo sobre PRAZO, TABELA e veja se VOCÊ deve DECLARAR!

Notícia importante para todos os brasileiros! A Receita Federal vai definir nesta quarta-feira (24), às 15h, os prazos, funcionalidades e regras do Programa de Declaração de Imposto de Renda das Pessoas Físicas de 2021.

As regras e critérios ainda não foram divulgados, mas o contribuinte já pode ir adiantando o trabalho e juntando os documentos necessários para o preenchimento e entrega da declaração. Veja abaixo tudo que você precisa para fazer a sua!

IMPOSTO de RENDA 2021
Imagem: Metro/Divulgação

Os documentos do Imposto de Renda 2021

O cidadão deve, primeiramente, reunir todos os documentos que declaram e registram seus rendimentos tributáveis – independentemente de ter ou não contado com retenção na fonte pagadora no último ano, ao longo de 2020.

Entre esses documentos de comprovação de renda, destacam-se comprovantes de salários, registros de prestação de serviço, boletos de aposentadoria e de previdência privada.

Vale lembrar que os empregadores devem entregar os documentos necessários aos trabalhadores até no máximo o fim deste mês (fevereiro). O contribuinte também pode juntar os contracheques conseguidos em 2020 e somar os rendimentos.

Também devem ser incluídos no rol de documentos todos os rendimentos e pagamentos recebidos de pessoas físicas, como pensões, aluguéis, pagamentos parcelados e outros.

Também vai pagar o IPVA em 2021? Veja aqui tudo sobre os prazos…

Como declarar dependentes no Imposto de Renda?

Muita gente está interessada em declarar dependentes no Imposto de Renda e assim reduzir o valor do imposto ou conseguir uma restituição maior. Veja quem pode ser declarado como dependente abaixo:

  • Cônjuge ou companheiro de união estável;
  • Filhos e enteados de até 21 anos; ou de qualquer idade se foram incapacitados de trabalhar; ou de até 24 anos se estiverem cursando o Ensino Superior;
  • Irmãos, netos e bisnetos de até 21 anos, desde que você tenha a guarda judicial;
  • Outros menores que você tenha a guarda judicial;
  • Pais, avós e bisavós, desde que tenham recebido rendimentos de até R$ 22.847,76 no último ano;
  • Dependentes do cônjuge
  • Filhos casados ou em união estável
  • Parentes falecidos em 2020, que se encaixavam nos critérios de dependente
  • Dependentes que não moram no Brasil e que se encaixam em outros critérios.

Para se declarar os dependentes e garantir a dedução, é necessário reunir informações sobre os rendimentos tributáveis de todos os membros da família. A apresentação dos documentos deve ser feita mesmo que os valores não alcancem o limite de dedução estabelecido pela Receita.

Outras informações importantes

Todas as informações bancárias e aplicações financeiras com saldo a partir de R$ 140 precisam ser descritas na declaração. No caso, o contribuinte deve baixar comprovantes de saldo em sites ou aplicativos das diferentes instituições bancárias.

Pessoas físicas que recebem pagamentos de outras pessoas físicas, arrendadores de imóveis rurais, e quem comprou ou vendeu bens imóveis e móveis pelo valor real também precisam juntar os documentos de comprovação.

Também é preciso juntar todos os comprovantes de pagamentos a profissionais como médicos, advogados, veterinários, contadores, dentistas, engenheiros, arquitetos, economistas, psicólogos e fisioterapeutas, além dos documentos de aluguel, pensão alimentícia e juros.

Vale lembrar que a falta de declaração sobre os pagamentos citados pode gerar uma multa de 20% sobre os valores que não foram declarados no Imposto de Renda.

Fique de olho no site para receber em primeira mão novidades sobre o Imposto de Renda em 2021!

 

Leia Também