Idosos com o NIS 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, e 0 são SURPREENDIDOS com alteração no 13º salário do INSS

Idosos beneficiários do INSS enfrentam mudanças no pagamento do 13º salário em 2024. Saiba como as novas datas e valores afetam seu planejamento financeiro.

Imagine a surpresa dos nossos queridos idosos ao descobrir uma notícia que altera diretamente o calendário do 13º salário do INSS para este ano.

Afinal, mudanças importantes como essas afetam diretamente a programação financeira de muitos, não é verdade?

Nas linhas a seguir, vamos te ajudar a entender essa novidade que está dando o que falar. Preparado? Então, siga a leitura.

13º salário do INSS.
O 13º salário do INSS tem novidades em 2024: alterações nas datas e valores. (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br).

MUDANÇAS no 13º salário do INSS

Até agora, a expectativa era de que o 13º salário fosse pago ainda no primeiro semestre de 2024.

Dessa forma, a antecipação viria como um alento em tempos difíceis, considerando que, em 2020, o governo havia antecipado esse pagamento como medida de apoio durante a pandemia da Covid-19.

Essa antecipação foi uma mão na roda, ajudando muitos a enfrentar o período com um pouco mais de tranquilidade financeira.

Mas, como em toda história que se preze, há sempre uma reviravolta. Para 2024, o Ministério da Previdência Social decidiu ajustar as velas e modificar o cronograma de pagamento do 13º salário.

Ao invés da antecipação habitual, os pagamentos serão realizados em dois momentos: agosto e novembro.

Leia também: Veja como funciona o processo para AUMENTAR o salário do INSS: passo a passo

O que muda no calendário do 13º salário do INSS?

Indo direto ao ponto, a partir de agora, os pagamentos serão feitos de forma diferente.

Nesse sentido, para quem recebe até um salário mínimo, as datas de pagamento da primeira parcela variam de 26 de agosto a 6 de setembro, dependendo do último dígito do NIS.

Por outro lado, para os que têm direito a mais que um salário mínimo, a primeira parcela será paga entre 2 e 6 de setembro, também seguindo o final do NIS.

Quanto à segunda parcela, os idosos podem esperá-la de 25 de novembro a 6 de dezembro, com datas específicas para cada grupo de beneficiários.

Isso significa planejamento e organização redobrados para adaptar-se a essa nova realidade. Para manter-se melhor informado, confira a programação conforme o calendário abaixo:

Primeira parcela – Até um salário mínimo

Benefício finalData de pagamento
126 de agosto
227 de agosto
328 de agosto
429 de agosto
530 de agosto
602 de setembro
703 de setembro
804 de setembro
905 de setembro
006 de setembro

Primeira parcela – Acima de um salário mínimo

Benefício finalData de pagamento
1 e 602 de setembro
2 e 703 de setembro
3 e 804 de setembro
4 e 905 de setembro
5 e 006 de setembro

Segunda parcela – Até um salário mínimo

Benefício finalData de pagamento
125 de novembro
226 de novembro
327 de novembro
428 de novembro
529 de novembro
602 de dezembro
703 de dezembro
804 de dezembro
905 de dezembro
006 de dezembro

Segunda parcela – Acima de um salário mínimo

Benefício finalData de pagamento
1 e 602 de dezembro
2 e 703 de dezembro
3 e 804 de dezembro
4 e 905 de dezembro
5 e 006 de dezembro

Por que essa mudança é importante?

Além da alteração nas datas, o valor do 13º salário também sofreu ajustes, graças ao aumento do salário mínimo.

Desde o início de janeiro, o valor do benefício foi recalculado para refletir esse aumento, garantindo um pouco mais no bolso dos aposentados e pensionistas.

Esse reajuste representa não apenas um acréscimo financeiro, mas também um reconhecimento da importância de manter os benefícios alinhados com as necessidades atuais.

Quem tem direito ao 13º salário do INSS?

O 13º salário do INSS beneficia aposentados, pensionistas e outros segurados que recebem algum tipo de benefício previdenciário desde maio.

No entanto, é válido lembrar que nem todos os benefícios estão inclusos, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e a Renda Mensal Vitalícia, que não dão direito ao 13º.

Quais são as últimas novidades do INSS?

Para não perder nenhum detalhe sobre os pagamentos, os beneficiários podem consultar as datas e valores pelo aplicativo Meu INSS, escolhendo a opção “Extrato de pagamentos” e filtrando pelo mês desejado.

Essa ferramenta se torna um aliado valioso para planejar as finanças e aproveitar ao máximo os benefícios disponíveis.

Com as alterações no calendário de pagamentos do 13º salário do INSS, a palavra de ordem é preparação.

Entender as mudanças, ajustar o orçamento e manter-se informado são passos cruciais para navegar por esse novo cenário sem surpresas desagradáveis.

Afinal, conhecimento é poder, especialmente quando se trata de planejamento financeiro.

Fique atento e planeje-se

Este ano promete ser diferente para os beneficiários do INSS, com mudanças significativas no pagamento do 13º salário.

Mas, com informação e planejamento, é possível se adaptar e aproveitar ao máximo os benefícios. Portanto, mantenha-se atualizado e organize-se para desfrutar de um ano sem sobressaltos financeiros.

Saiba mais sobre o INSS: INSS define todos os direitos para quem recebe o BPC em 2024: tire suas dúvidas