Guia do Auxílio Emergencial: Consulta, Como Receber, Saques e muito mais!



Guia do Auxílio Emergencial – Confira tudo o que você precisa saber sobre o principal benefício disponibilizado pelo Governo Federal neste momento!

Sabendo que mais de 50 milhões de brasileiros e brasileiras fizeram a solicitação do benefício e por isso vamos trazer aqui um especial com o Guia do Auxílio Emergencial! Aqui você poderá encontrar todas as principais informações sobre as parcelas de R$ 600,00 ou R$ 1,2 mil. 

Fique atento para todas as principais dúvidas sobre o auxílio e entenda como você poderá consultar o seu cadastro e quais são as opções de saque. Se mantenha informado e repasse o guia para o seu familiar ou amigo que também fez o pedido! Vamos lá!

Guia do Auxílio Emergencial
Imagem: Divulgação

O que é Auxílio Emergencial Caixa

Primeiramente, vamos começar com o básico: o que é o Auxílio Emergencial Caixa? Esse é um benefício que está sendo disponibilizado em todas as regiões do país para trabalhadores desempregados, autônomos, MEIs e mães de família. 

E como isso é feito? Desde o dia 09 de abril de 2020 já foram injetados mais de R$ 50 milhões de reais para liberação do benefício apelidado de ‘coronavoucher’. A intenção do Governo é disponibilizar parcelas de R$ 600,00 ou R$ 1,2 mil para combater os efeitos econômicos da crise do novo coronavírus. 

O Auxílio Emergencial será dado em três parcelas. Confira a seguir quais são os requisitos para fazer o cadastro e a solicitação. 

Quem pode pedir o Auxílio Emergencial

Mas e quem pode pedir o Auxílio Emergencial? De acordo com o texto que define as regras do benefício, essa é uma ação voltada para trabalhadores em situação de desemprego, informais, contribuintes do INSS e MEIs (Microempreendedores individuais). 

Além disso tem direito ao Auxílio Emergencial quem está de acordo com os seguintes detalhes:

  • Ser titular de pessoa jurídica (MEI, por exemplo);
  • Estar inscrito Cadastro Único (CadÚnico) até o último dia dia 20 de março;
  • Cumprir o requisito de renda média (necessário ter até meio salário mínimo por pessoa, e até 3 salários mínimos por família) também até 20 de março de 2020;
  • Ser um contribuinte do Regime Geral de Previdência Social (individual ou facultativo).

Além desses, existem os requisitos para receber o Auxílio Emergencial na questão financeira e em relação a idade. São eles:

  • Beneficiários devem ter mais de 18 anos de idade e CPF ativo;
  • Possuir renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (atualmente no valor de R$ 522,50);
  • Ter renda mensal de no máximo 3 salários mínimos (hoje em dia R$ 3.135) por família;
  • Não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano de 2018. 

Como Receber Auxílio Emergencial Caixa

Mas agora que sei que estou dentro dos requisitos: como receber o Auxílio Emergencial da Caixa? Isso depende da sua atual situação em relação a outros benefícios. As formas vão variar de acordo com cada um. 

Se você se encaixa no grupo de beneficiários do Bolsa Família para receber Auxílio Emergencial o valor de R$ 600,00 é pago automaticamente. O titular irá receber o pagamento da mesma forma e nas mesmas datas da Bolsa que já estavam definidas (abril a junho) .

Os trabalhadores que não recebem o Bolsa Família mas estão no CadÚnico também NÃO devem se inscrever. O governo irá identificar automaticamente e o benefício será dado por meio da Caixa Econômica Federal. 

Como saber se estou no CadÚnico!

Quem não se encaixa nos critérios de Bolsa Família e Cadastro Único deve então fazer o cadastro para receber o Auxílio Emergencial pelo site ou aplicativo. Esse é o caso de informais, MEIs e contribuintes do INSS. 

Aplicativo Auxílio Emergencial

O Aplicativo Auxílio Emergencial bateu recordes de downloads em todo o Brasil. Isso porque foram mais de 50 milhões de pessoas cadastradas. Isso, é claro, levou a ferramenta a ter problemas de demora para acesso. 

Para fazer o cadastro e solicitar o Auxílio Emergencial pelo aplicativo a ação é similar ao site. Ambos são gratuitos e podem ser acessados pelo seu celular Android ou iOS. Isso é feito disponibilizando os seguintes dados para pedir o benefício:

  • Nome completo; 
  • CPF válido; 
  • Endereço; 
  • Dependentes familiares;
  • Informação sobre sua renda geral. 

É importante lembrar, porém, que existem dois aplicativos diferentes da Caixa. São eles: o aplicativo Caixa Auxilio Emergencial e o Caixa Tem. Esse último é voltado para que você use e mexa no dinheiro do benefício depois de recebê-lo. 

Conheça os dois aplicativos da Caixa para Auxílio Emergencial e saiba como fazer o download!

Aplicativo Caixa Tem

O aplicativo Caixa Tem é o que está dando o que falar entre os beneficiários. Isso porque pela grande quantidade de acessos, em geral, as filas virtuais para acesso são muito grandes e dificultam a vida de quem quer fazer o saque. 

É possível fazer outras ações a partir desse app também. Além de gerar o código para sacar o Auxílio é possível:

  • Fazer até três transferências gratuitas (para contas de outras pessoas); 
  • Pagar contas diretamente pelo aplicativo; 
  • Fazer pagamento de boletos específicos; 
  • Gerar o código para saque em caixa eletrônico; 
  • Transferir o dinheiro para uma carteira digital; entre outros. 

Mesmo com alguns problemas, esse segue sendo o principal aplicativo para quem quer usar o dinheiro. Se você ainda não baixou, saiba como usar o Caixa Tem e fazer o saque sem problemas. 

Consulta Auxílio Emergencial

Se você fez o cadastro e ainda está aguardando resposta, existem diferentes formas de fazer a consulta do Auxílio Emergencial. As principais são reconhecidas: o site e o aplicativo específicos que já comentamos anteriormente. 

Mas duas novidades surgiram nos últimos tempos: a consulta Auxílio Ministério da Cidadania e a consulta Dataprev Auxílio Emergencial. Esses são dois novos sites para quem quer acompanhar com detalhes porque o seu auxílio foi negado ou então em qual situação está a análise. 

O consulta do Auxílio Dataprev está ajudando muitas pessoas já que é essa empresa pública que faz o “pente fino” dos cadastros. É a partir dela que você pode conferir caso tenha tido algum problema no cadastro, por exemplo. 

Nesse caso específico saiba quais são os motivos do Auxílio Emergencial Negado no site: https://pronatec.pro.br/motivos-auxilio-emergencial-negado/

Calendário Auxílio Emergencial Caixa

Por fim, é importante ficar atento para o Calendário do Auxílio Emergencial da Caixa. As grandes filas e as dificuldades para saque fez com que o cronograma inicial atrasasse, portanto, novas datas estão sendo aguardadas. 

As datas da primeira parcela já “terminaram”, mas ainda estão sendo feitas análises de cadastros que devem receber esse primeiro valor. Muitas pessoas estavam ansiosas pelo calendário da segunda parcela do Auxílio Emergencial

O pagamento da segunda parcela do Auxílio de R$ 600,00 depois de mais de duas semanas de atraso começou na segunda-feira (18 de maio). De acordo com o calendário publicado no Diário Oficial da União (DOU), os pagamentos vão até o dia 13 de junho. Essa parcela é voltada especificamente para quem recebeu o primeiro valor até 30 de abril.

Fique ligado e saiba tudo sobre o Calendário da Segunda Parcela do Auxílio Emergencial no site: https://pronatec.pro.br/governo-divulga-calendario-da-2a-parcela-do-auxilio-emergencial-auxilio-emergencia/

 

 

Leia Também