Guia completo do PIX automático para 2024: tire suas dúvidas!

O Pix Automático é uma nova possibilidade para os brasileiros. A funcionalidade trás diversos benefícios, dentre eles a eficiência.

Sem dúvidas, a modernidade trouxe uma enxurrada de termos e plataformas que transformaram as maneiras como lidamos com o dinheiro. Entre as conversas sobre transferências digitais e pagamentos instantâneos, há uma palavra que ressoa nos ouvidos dos brasileiros: PIX. Com a chegada do PIX automático em 2024, muitas pessoas têm dúvidas sobre essa novidade. Então, chegou a hora de decifrar os segredos por trás deste recurso que promete revolucionar ainda mais a nossa relação com as transações financeiras.

O Pix automático é uma excelente opção para quem deseja praticidade. (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br)

PIX: A revolução das transações bancárias

O PIX surgiu como uma inovação lançada pelo Banco Central do Brasil no final de 2020. Ele veio com um objetivo curto e grosso: simplificar as transações financeiras. Se antes tínhamos que aguardar pelo horário bancário para realizar transferências, agora podemos fazê-las em qualquer dia e a qualquer hora.

Quando o PIX foi lançado, foi como se tivéssemos recebido uma varinha mágica capaz de realizar transferências instantaneamente. Com apenas alguns cliques, comunidades e empresas se beneficiaram dessa rapidez e agilidade sem precedentes. Avaliando a situação, podemos até dizer que o cenário financeiro brasileiro nunca mais foi o mesmo.

Benefícios e vantagens do PIX garantem transformação financeira

Essa mudança fundamental ocorre devido aos inúmeros benefícios e vantagens que o PIX oferece aos seus usuários. Assim como um super-herói que vem socorrer a população em tempos de caos, o PIX apresenta-se como um verdadeiro salvador da pátria em termos financeiros.

Para começar, a disponibilidade. Vamos admitir que uma transferência à 01:00 em um sábado não seria possível antes. Agora, é como contar até três! Não é apenas a disponibilidade, mas a velocidade que também recebe uma medalha de honra aqui. Instantaneidade é a palavra chave. Sem necessidade de esperar um dia útil para que seu dinheiro chegue ao destinatário, o PIX honra a expressão “tempo é dinheiro”.

Além disso, é importante destacar que a utilização do PIX é completamente gratuita para pessoas físicas, apresentando a democratização das transferências bancárias.

PIX Automático 2024: A praticidade elevada ao máximo

O Pix automático, uma nova funcionalidade que funcionará como débito automático, será implementado a partir de 28 de outubro de 2024, conforme anunciado pelo Banco Central (BC) em resolução publicada na última quinta-feira (7).

Essa nova modalidade permitirá pagamentos automaticamente, tal como contas de serviços públicos (água, luz, telefone), condomínio, escola, plano de saúde, entre outros. Para ativar isso, os usuários apenas precisam dar uma autorização inicial para que os cobranças sejam iniciadas, que posteriormente serão debitadas de forma automática.

Veja também: Pix Automático: Conheça a novidade que vai transformar os pagamentos em 2024

O que muda com o Pix Automático?

Com essa implementação, o BC visa facilitar transações recorrentes. Na funcionalidade, a nova modalidade se assemelhará ao débito automático já existente em contas bancárias, com a adicionalidade de poder ser efetuado via Pix.

O ponto de destaque dessa nova modalidade, de acordo com o BC, é que, além da rapidez nas transações, ela será isenta de tarifas no caso de pessoas físicas. Isso, juntamente com a capacidade do Pix automático de alcançar mais usuários, diferencia-o do sistema de débito automático tradicional.

Para as empresas que aceitarão esses pagamentos, o BC afirma que o Pix automático tem a possibilidade de incrementar a eficiência, reduzir os custos associados aos processos de cobrança e diminuir a taxa de inadimplência.

Pix Automático x Débito Automático: saiba as diferenças

O Pix automático e o débito automático são, a princípio, métodos de pagamento que facilitam as transações financeiras do dia-a-dia. No entanto, existem algumas diferenças significativas que tornam o Pix uma opção atraente para consumidores e empresas.

Agendamento de contas recorrentes: O Pix automático permite o agendamento de contas recorrentes, tais como contas de luz, telefone, escola e condomínio. Este recurso oferece uma maneira conveniente e sem complicações para os usuários gerenciarem suas despesas mensais, uma funcionalidade que não é comum com o débito automático tradicional.

Ausência de tarifas: Outra vantagem significativa do Pix automático é a ausência de tarifas para pessoas físicas. Isto o diferencia do débito automático, que muitas vezes envolve custos adicionais. Esta isenção de tarifas pode fomentar uma maior adoção do Pix entre os consumidores.

Acessibilidade: Ademais, o Pix tem um potencial de alcance maior do que o débito automático. Enquanto o último geralmente requer que o usuário tenha uma conta em um banco, o Pix é acessível para qualquer pessoa que possua um smartphone, permitindo que mais brasileiros tenham acesso a um meio eficiente de pagamento.

Velocidade: No quesito velocidade, transações via Pix automático são realizadas de forma instantânea, o que supera o tempo de processamento geralmente associado ao débito automático. Isso é especialmente útil para pagamentos que requerem confirmação imediata.

Eficiência: Por fim, a eficiência aumentada, a redução dos custos de cobrança e a diminuição da inadimplência são vantagens adicionais proporcionadas pelo Pix. Tais benefícios podem levar empresas a incentivar consumidores a utilizarem essa nova forma de pagamento, uma vez que pode reduzir seus custos operacionais e melhorar o fluxo de caixa.

Portanto, apesar do débito automático ser uma ferramenta bem estabelecida para pagamentos, o Pix apresenta-se como uma alternativa inovadora que pode mudar a forma como lidamos com transações financeiras no Brasil.

Como fazer o Pix Automático?

Para utilizar a nova funcionalidade de Pix automático, é necessário que você possua uma conta bancária. Uma vez que decida adotar esse meio de pagamento, basta comunicar à empresa a quem você deseja pagar – por exemplo, a concessionária de energia ou a administradora do seu condomínio. A empresa, então, enviará uma proposta do Pix automático via notificação. Uma vez que concorde com a proposta, poderá aderir ao pagamento instantâneo.

A opção do Pix automático será oferecida tanto a pessoas físicas quanto jurídicas. No caso de indivíduos, a oferta desta funcionalidade será obrigatória por parte dos bancos e gratuita para os clientes. Já no caso de empresas, os bancos terão a escolha de oferecer ou não essa modalidade de pagamento.

De acordo com o Banco Central, a disponibilização do Pix automático pelos participantes do Pix será obrigatória. Aqueles que não forem aprovados nos testes pré-lançamento e não oferecerem o Pix automático aos seus usuários a partir do lançamento do serviço, programado para 28 de outubro de 2024, estarão sujeitos a multas por dia de atraso na oferta, limitadas a 60 dias.

Veja também: PIX parcelado: Banco Central tem novidade para os brasileiros