Grupo de brasileiros poderá receber o auxílio-gasolina: Saiba mais sobre os valores e datas

Projeto já foi aprovado no Senado Federal.

Existe hoje em nosso país vários programas de distribuição de renda com o intuito de auxiliar a população mais carente do Brasil. Ajudando-os até o mínimo necessário a sua existência. Essas ajudas governamentais sempre tão controvérsias e que são sempre assunto, dessa vez, entretanto vem causando ainda mais burburinhos. Isso porquê nos últimos dias não se fala de outro assunto que não seja o novo programa social, o vale-gasolina.

Diante da alta dos preços dos combustíveis do país, esse tipo de iniciativa se torna cada vez mais necessária para auxiliar a população, e fazer com que continue usando seus meios de transportes.

Veja se tem direito ao auxílio gasolina. Imagem: divulgação

Saiba detalhes sobre o novo benefício auxílio gasolina

O senador Rogério Carvalho (PT-SE) criou o projeto há algum tempo e desde então, o governo federal estuda como colocar em prática, porém em ano eleitoral, a ideia se torna cada vez mais real. O auxílio já foi aprovado pelo senado federal, ou seja, está cada vez mais próximo de chegar ao trabalhador.

A proposta circula na câmara dos deputados desde março, entretanto, necessitou de algumas mudanças, pois parte dos deputados estavam relutantes em sua aprovação. Já que o vale-gasolina criará um gasto entre R$ 100 e R$ 300 para as pessoas que trabalham com transportes, e isso geraria gastos muito altos. Algo por volta de R$ 3 bilhões. Mas no fim, foram convencidos da ideia e o projeto tem tudo para ser aprovado pelos deputados também.

Saiba mais:Recurso inédito é aprovado nos novos cartões do Auxílio Brasil? Governo se pronuncia!  

Conheça o objetivo do benefício da gasolina

O auxílio tem como principal objetivo ajudar os motoristas de aplicativo, taxistas e mototaxistas. A prioridade será dada as pessoas que possuem CadÚnico. Até o momento sabemos que: os motoristas que pilotarem motos de até 125 cilindradas vão receber R$ 100 e os motoristas autônomos ou que trabalham com transporte individual, incluindo os de aplicativo e os de táxi, vão receber R$ 300.

Em todos os casos, a renda familiar do motorista não pode ultrapassar três salários mínimos. De todo modo, o projeto ainda não foi totalmente aprovado. Além de passar pelas câmaras dos deputados, é necessário ser sancionado pelo presidente da república. Então, o vale-gasolina deve demorar a tomar forma e chegar ao bolso dos motoristas.

Como argumento de convencimento aos deputados e ao presidente, a proposta do senador Rogério Carvalho traz a justificativa que os recursos necessários para custear essa operação, advém dos impactos da oscilação dos preços internos e de derivados de petróleo, bem como do GLP.

Veja também:Auxílio-Uber de R$ 1.000 já é realidade? Entenda!