- Publicidade -

Governo pagará o novo Auxílio Emergencial a este grupo de brasileiros; serão 5 parcelas de R$ 600,00

Pagamentos serão feitos junto com o Auxílio Brasil. Veja mais.

0

É OFICIAL! O Governo Federal irá mesmo retomar os pagamentos do Auxílio Emergencial ainda este ano. O benefício será no valor de R$ 200 e será pago junto com o Auxílio Brasil, que hoje deposita uma quantia mínima de R$ 400.

- Publicidade -

No total, serão 05 parcelas pagas entre os meses de Agosto e Dezembro deste ano. Ou seja, o que antes era previsto para iniciar em Julho, acontecerá apenas no mês seguinte. A seguir, saiba mais sobre.

Governo pagará o novo Auxílio Emergencial a este grupo de brasileiros; serão 5 parcelas de R$ 600,00
Auxílios governamentais é pauta em alta no momento / Imagem: Divulgação.

Governo pagará novo Auxílio Emergencial?

Como dito, o plano do Governo Federal é mesmo retomar os pagamentos de um Auxílio Emergencial ainda em 2022. O benefício será no valor de R$ 200 e será anexado ao saldo do Auxílio Brasil, que hoje paga, no mínimo, R$ 400 para cada família. Ao todo, serão 05 parcelas pagas a partir do mês de Agosto.

- Publicidade -

Todavia, a quantidade de pagamentos do adicional do Auxílio Emergencial pode ter frustrado algumas pessoas. Afinal de contas, o próprio Governo Federal chegou a considerar a possibilidade de iniciar as liberações do benefício complementar já neste mês de Julho. Contudo, o plano agora é seguir com os depósitos somente a partir de agosto.

Dessa forma, o Auxílio Brasil de R$ 400 seguirá sendo pago normalmente neste mês de Julho com o mesmo valor. Além disso, a tendência é que a quantidade de usuários aptos ao recebimento também não sofra grandes alterações para este mês, de modo que os repasses seguirão sendo feitos para pouco mais de 18 milhões de pessoas.

A princípio, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) confirmou as informações. De acordo com o parlamentar, o Governo está preparando os últimos detalhes para a votação no Congresso. Vejamos mais detalhes logo abaixo.

Veja também: Cidadãos que não atualizarem os dados no CadÚnico não recebem o novo Auxílio de R$ 600?

- Publicidade -

Novos beneficiários

Outra informação que havia sido divulgada inicialmente na imprensa também foi confirmada pelo senador; e, agora, o número de usuários do Auxílio Brasil deve realmente aumentar. O foco do Governo Federal é zerar a fila de espera o quanto antes neste momento.

Ainda há um desencontro quanto às informações sobre a quantidade de usuários que ainda estão na lista de espera. Mas, tanto o Ministério da Cidadania como a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) concordam que o número de brasileiros nesta situação vem aumentando nos últimos meses.

Por fim, o plano do Governo é selecionar pouco mais de 1,6 milhão de indivíduos para o recebimento do benefício a partir do 2° semestre. A preferência na seleção será para as pessoas que fazem parte da fila de espera neste momento.

- Publicidade -

Veja também: Descubra se ainda é possível receber pagamentos do Auxílio Emergencial: Consulta é autorizada!

Quais os principais pontos da PEC?

Dentre as várias modificações que a PEC objetiva estão o aumento do Auxílio Brasil em R$ 200,00, a criação de um voucher específico para caminhoneiros no valor de R$ 1 mil, aumento do Auxílio Gás para um valor fixo de R$ 120,00.

Ainda, é previsto o transporte gratuito para a população idosa, o auxílio voltado para taxistas, destino de R$ 500 milhões para o programa governamental do Alimenta Brasil e a tentativa de manter uma competitividade entre a gasolina e o etanol, com destino de quase R$ 4 bilhões para tal ação.

- Publicidade -

Veja também: Novo Auxílio Emergencial total de R$ 3 mil do Governo: Quem poderá receber? Entenda!

Nova presidente da Caixa – aceleração do pagamento?

A atual presidente da Caixa, Danielle Marques, sinalizou em coletiva no último dia 05 que a Caixa e o Ministério da Cidadania já estão em operação conjunta para conseguirem operacionalizar os pagamentos dos benefícios que fazem parte da nova PEC, que prevê, dentre outras questões, o aumento no valor do Auxílio Brasil.

Conforme a fala da nova presidente, o objetivo é que, ao adiantar os pontos contratuais entre o banco e o Ministério, os cidadãos possam receber os auxílios o mais breve possível, caso a PEC seja aprovada nas instâncias responsáveis.

Contudo, ela ainda não pode confirmar uma data certa para isso. Uma das possibilidades é no mês de julho ou em outra janela.

Veja também: Consulte e descubra se você poderá sacar R$ 3 mil do Auxílio Emergencial: Pagamento de julho!

Votação da PEC: data anunciada!

A nova data para a votação da PEC pela Câmara dos Deputados foi há pouco anunciada. Sendo assim, a votação que poderá determinar a aprovação da mudança do Auxílio Brasil para R$ 600,00, o Auxílio para taxistas, o aumento do Vale-Gás para R$ 120,00, dentre outros, será votada na terça feira, dia 12, a partir do horário das 13h55.

Veja também: Calendário de pagamentos do Auxílio de R$ 600; parcelas com acréscimo confirmadas?

Parcelas do Auxilio Emergencial de R$ 3 mil: quem recebe?

Outra novidade referente ao pagamento dos auxílios governamentais diz respeito às parcelas retroativas do Auxílio Emergencial para os pais solteiros e chefes de família. Durante a pandemia, as mães solteiras e chefes de família receberam uma parcela duplicada, em outras palavras, de R$ 1.200,00. Isso estava previsto para acontecer também com os pais; contudo, na época isso não ocorreu.

Depois de uma revisão e derrubada do veto que barrou o recebimento, os pagamentos das parcelas serão feitos aos pais que possuem o direito de recebê-los. Dessa forma, há beneficiários que podem chegar a receber entre R$ 600 a até R$ 3 mil!

Portanto, os beneficiários que têm direito e se enquadram nas condições para tal podem esperar o pagamento em breve. Os interessados podem fazer uma consulta na página oficial do DataPrev. Para isso, o seguinte link pode ser utilizado: https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta/#/.

Veja também: Quem tem direito a receber as parcelas de R$ 600,00 do novo Auxílio? Entenda os requisitos!

Novos cartões do Auxílio Brasil!

Mais de 3 milhões de cartões do Auxílio Brasil estão em processo de serem entregues para os beneficiários. A intenção é substituir os antigos cartões do Bolsa Família, que até o momento ainda são válidos.

Assim, os novos cartões, que vêm com chip, permitirão algumas funções que podem tornar mais prático o dia a dia da população, como a possibilidade de fazer compras no débito em estabelecimentos comerciais e, ainda, de sacar o dinheiro em agências da Caixa ou demais bancos 24h.

Os beneficiários do Auxílio Brasil não precisam se preocupar em solicitar o cartão: ele será enviado aos poucos para quem já está na folha de pagamentos. Para consultar se o seu cartão foi enviado ou não, é possível ir em uma unidade da Caixa Econômica ou então ligar para o número 0800 104 0104.

Veja também: Vale para motoristas de app; Saiba mais sobre o auxílio que está no Congresso Nacional

‘PEC dos benefícios’: apuração?

A PEC que prevê o aumento de auxílios existentes e a criação de outros, como o voucher caminhoneiro, por exemplo. Entretanto, o texto da PEC tem sido marcado por controvérsias, devido ao fato de que este tipo de processo possui uma restrição de ser realizado em ano eleitoral, salvo em casos de estado de emergência.

Sendo assim, o TCU (Tribunal de Contas da União) irá instaurar uma apuração para verificar melhor a situação. Vale ressaltar que as mudanças, que só terão validade até o fim do ano, irá ocasionar um gasto de cerca de R$ 41 bilhões aos cofres do país.

Ainda, na data do dia 06 de junho, ocorreu um episódio de discussão entre parlamentares na Câmara dos Deputados durante a leitura do texto da PEC. Vale lembrar que o texto já foi aprovado no Senado Federal.

Veja também: Antecipar o Auxílio Brasil de R$ 600 é ilegal? Saiba o que dizem os especialistas

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais