Governo oferece 50 mil cartões alimentação no valor de R$ 100 para famílias no estado

Atualizado Hoje!

Cartões Alimentação: GOVERNO oferece 50 MIL benefícios com o valor de R$ 100 para famílias em necessidade! Saiba tudo sobre o programa.

Com a progressão da pandemia de Covid-19, muitos estados brasileiros investiram no pagamento de auxílios e benefícios para a população. Um deles é um Cartão Alimentação disponibilizado com o valor de R$ 100 para famílias em situação de vulnerabilidade social e pobreza.

Com a distribuição dos cartões para as famílias, muitos beneficiários ficaram em dúvida sobre os pagamentos, o valor dos depósitos e a movimentação dos saldos em cartões Alelo. Explicamos tudo que você precisa saber sobre o programa abaixo; confira!

Governo oferece 50 mil cartões alimentação no valor de R$ 100
Imagem: Daniel Castellano / SMCS / Divulgação / Edição

Cartões Alimentação – Nova Rodada

Foi anunciada na última quarta-feira (5), a distribuição de 50 mil cartões alimentação para famílias em situação de vulnerabilidade e extrema pobreza. Os créditos podem ser usados para a compra de alimentos em supermercados e outros estabelecimentos cadastrados pelo estado.

Além de garantir uma alimentação saudável e abrangente para a população mais vulnerável, o programa representa um incremento de R$ 1 milhão no setor privado a partir do programa de segurança alimentar da população, criado durante a pandemia de Covid-19.

Os cartões alimentação serão bancados integralmente por empresários da iniciativa privada, representados por uma associação de supermercados. 50 mil famílias devem receber o cartão, que substitui temporariamente a cesta básica entregue pelo governo estadual.

Cadastro Cartão Green Card Alimentação: Aplicativo, Saldo, Onde Aceita e Telefone…

Cartões Alimentação Alelo

Os cartões alimentação do governo estadual têm a produção e envio sob a responsabilidade das empresas Alelo, Ticket e Sodexo, de acordo com o contrato assinado com a Associação Brasileira das Empresas de Benefícios ao Trabalhador (ABBT).

As empresas também devem prestar assistência aos usuários, esclarecer dúvidas sobre saldo e extrato e solucionar os demais problemas dos beneficiários por meio do telefone impresso no verso do cartão, de acordo com as especificações do governo.

Hoje em dia, o governo estadual distribui cerca de 2 milhões de cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade ou extrema pobreza. As 50 mil famílias que terão acesso ao cartão Alelo, no entanto, não poderão receber a cesta básica física.

Ainda têm dúvidas sobre a concessão dos benefícios pelo cartão da empresa e outras questões sobre o programa? Veja aqui como fazer uma consulta Alelo Saldo.

Benefício estadual – Como e onde usar?

Como foi estabelecido, os Cartões Alimentação fazem parte de um benefício estadual. Ou seja, apenas moradores do estado de São Paulo podem ter acesso ao programa. A lista de beneficiários é definida de acordo com dados do próprio governo, e não é necessário a realização de cadastro ou inscrição.

Os cartões alimentação são destinados exclusivamente à compra de alimentos e itens de primeira necessidade, e não podem ser usados para a aquisição de bebidas alcóolicas e produtos derivados do tabaco (como cigarros), como é possível no caso dos cartões alimentação distribuídos por empresas privadas.

A distribuição dos cartões começou na última terça-feira (3) na Zona Leste de São Paulo. No dia, cerca de 3 mil cartões foram dados às famílias. Só na primeira leva, 10 mil cartões serão distribuídos a unidades familiares dos 645 municípios do estado.

Programa TEM GENTE COM FOME 2021: Campanha tem Cartão Alimentação de R$ 142,50 e doações para centenas de famílias! Como se CADASTRAR e RECEBER…

 

Leia Também