Governo federal vai ANTECIPAR parcelas do Bolsa Família em março; saiba quando você recebe!

Neste mês, o governo vai entregar as parcelas do Bolsa Família de forma antecipada apra alguns beneficiários. Por isso, é bom ficar de olho no calendário.

Em uma movimentação crucial do governo federal, foi anunciado que esta semana marcará o retorno dos pagamentos do Bolsa Família, com liberações previstas para começar já na próxima sexta-feira.

Essa medida visa especialmente auxiliar aqueles em situações vulneráveis devido a calamidades públicas ou emergências causadas por desastres naturais.

Para saber se você está dentro do grupo de brasileiros que terá direito aos valores antes da hora, continue acompanhando a matéria abaixo!

O governo vai entregar o pagamento do Bolsa Família para todos os beneficiários de forma antecipada. Confira!
O governo vai entregar o pagamento do Bolsa Família para todos os beneficiários de forma antecipada. Confira! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Calendário de pagamento do Bolsa Família ajustado

O Ministério do Desenvolvimento Social, Família e Combate à Fome divulgou que os beneficiários devem se atentar ao final do número de Identificação Social (NIS) para saber exatamente quando o valor estará disponível em suas contas.

Com datas estendendo-se de 15 a 28 de março, a organização busca facilitar o acesso aos recursos necessários para inúmeros brasileiros. Confira:

  • Usuários com término de NIS 1: 15 de março;
  • Usuários com término de NIS 2: 18 de março;
  • Usuários com término de NIS 3: 19 de março;
  • Usuários com término de NIS 4: 20 de março;
  • Usuários com término de NIS 5: 21 de março;
  • Usuários com término de NIS 6: 22 de março;
  • Usuários com término de NIS 7: 25 de março;
  • Usuários com término de NIS 8: 26 de março;
  • Usuários com término de NIS 9: 27 de março;
  • Usuários com término de NIS 0: 28 de março.

Fique por dentro: Reajuste do Bolsa Família pode conceder R$ 750,00; descubra HOJE (11) se você recebe

Antecipações especiais para situações de emergência

Além do calendário regular, o governo confirmou a antecipação dos pagamentos para residentes de áreas em estado de calamidade pública ou emergência.

Essa decisão reflete o compromisso com o rápido atendimento às necessidades da população afetada por intensas chuvas ou secas severas que têm impactado diversas regiões do país.

Pagamento automático para aqueles em necessidade

Importante ressaltar, para aqueles que se encontram em áreas de emergência, não é necessário realizar qualquer solicitação para a antecipação.

O pagamento será efetuado automaticamente na primeira data de liberação, independentemente do final do NIS, assegurando assistência imediata a quem precisa.

Não perca: Nova lei do Bolsa Família com + de 5 SAQUES em 2024 você precisa conferir

Detalhes dos benefícios extra do Bolsa Família

O Bolsa Família segue com a base de R$600 por família, podendo variar de acordo com a composição familiar e direitos a benefícios adicionais.

O Bolsa Família oferece adicionais além do benefício base para atender a necessidades específicas das famílias. Entre eles, o Benefício de Primeira Infância (BPI), adicionando R$ 150 por criança de até 7 anos, e o Benefício Variável Familiar (BVF), com R$ 50 para gestantes e crianças de 7 a 18 anos.

Há também o Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN), com R$ 50 por membro da família até sete meses de idade. Além disso, o Benefício Extraordinário de Transição (BET) assegura valores anteriores ao programa Auxílio Brasil até maio de 2025, garantindo suporte ampliado às famílias inscritas.

Como se inscrever e ter direito ao Bolsa Família

Para se inscrever no Bolsa Família, as famílias devem ter renda per capita de até R$ 210,00, enquadrando-se como de baixa renda.

O primeiro passo é realizar o cadastro no CadÚnico em um CRAS local. Após o cadastro, o Ministério da Cidadania avalia a elegibilidade mensalmente, considerando os critérios de renda e composição familiar.

A inscrição e atualização de dados devem ser constantes para manter a elegibilidade. Benefícios são depositados mensalmente no Caixa Tem, conforme o calendário oficial.

Acompanhe mais: Bolsa Família e o PIX de R$ 900,00: confira todos os detalhes