Governo está distribuindo parcelas de no mínimo R$ 600,00 até o dia 29 deste mês

Milhares de pessoas podem ter a sorte de receber parcelas com o valor mínimo de R$ 600, mas há aquelas que podem duplicar a quantia.

O Bolsa Família, um dos maiores programas de assistência social do Brasil, inicia uma nova rodada de pagamentos neste mês de fevereiro, trazendo novidades significativas para mais de 21 milhões de famílias.

Com a promessa de parcelas maiores e a introdução de um auxílio extra, o programa busca aliviar as dificuldades enfrentadas por famílias em condições de pobreza e extrema pobreza em todo o país.

Nesse sentido, aqueles que ainda não sabem se estão elegíveis, bem como quem já recebe os valores, devem ficar atentos ao calendário. Confira a seguir.

Neste m^
es, milhares de famílias finalmente podem ter um respiro financeiro ao receberem parcelas do governo. Veja se a sua se encaixa!
Neste m^ es, milhares de famílias finalmente podem ter um respiro financeiro ao receberem parcelas do governo. Veja se a sua se encaixa! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Valor ampliado das parcelas e benefícios adicionais

Neste mês, o valor da parcela base do Bolsa Família foi fixado em R$ 600, garantindo um suporte financeiro essencial para as famílias beneficiárias.

Além disso, o programa oferece benefícios adicionais calculados com base na composição de cada família, visando atender às necessidades específicas de crianças, gestantes e nutrizes.

Entre os benefícios adicionais, estão o Benefício Primeira Infância (BPI), destinado a crianças de 0 a 6 anos, e o Benefício Variável Familiar (BVF), para gestantes e crianças de 7 a 18 anos.

Auxílio Gás como novidade

Ademais, uma das grandes novidades para este mês é a inclusão do Auxílio Gás para aproximadamente 5,5 milhões de beneficiários.

Conhecido como Vale Gás Nacional, esse auxílio cobre o valor médio do botijão de gás de 13 quilos, proporcionando um alívio considerável no orçamento das famílias.

Em fevereiro, o valor do auxílio foi estabelecido em R$ 102, correspondendo ao preço médio do botijão conforme levantamento da ANP.

Veja este também: Comunicado para Brasileiro que tem filhos e recebem o Bolsa Família: você PRECISA ficar sabendo

Calendário de pagamento organizado das parcelas

O pagamento das parcelas do Bolsa Família e do Auxílio Gás segue um calendário organizado de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários.

Dessa forma, neste mês, os pagamentos ocorrerão entre os dias 16 e 29, garantindo que todas as famílias cadastradas recebam o suporte financeiro dentro do período estabelecido. Confira:

  • NIS com finalização 1: 16 de fevereiro
  • NIS com finalização 2: 19 de fevereiro
  • NIS com finalização 3: 20 de fevereiro
  • NIS com finalização 4: 21 de fevereiro
  • NIS com finalização 5: 22 de fevereiro
  • NIS com finalização 6: 23 de fevereiro
  • NIS com finalização 7: 26 de fevereiro
  • NIS com finalização 8: 27 de fevereiro
  • NIS com finalização 9: 28 de fevereiro
  • NIS com finalização 0: 29 de fevereiro

Quais as regras para receber as parcelas?

Agora, para ser elegível ao Bolsa Família, as famílias devem atender a critérios de renda específicos: estar em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89,00 mensais, ou em situação de pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa, considerando todos os rendimentos do lar.

Além disso, é fundamental manter os dados atualizados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), incluindo mudanças na composição familiar, renda ou endereço.

O acompanhamento da frequência escolar das crianças e adolescentes e o cumprimento do calendário de vacinação também são requisitos para a manutenção do benefício.

Quero me cadastrar no Bolsa Família, como faço?

Por fim, para se inscrever no Bolsa Família, visite o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo, levando documentos de todos os membros da família, como RG, CPF, certidão de nascimento para menores sem RG, e comprovante de residência.

Aliás, é importante lembrar que o cadastro ocorre no CadÚnico, essencial para acessar o Bolsa Família.

Acompanhe outros: PIX extra para beneficiários do Bolsa Família? Lula confirma 2 viradas inesperadas no PROGRAMA