Governo distribui cesta básica para brasileiros com estes CPFs; veja a lista

O governo brasileiro lança um programa para distribuir cestas básicas a todos os cidadãos de baixa renda, focando inicialmente nas comunidades Yanomami.

A segurança alimentar é um direito fundamental e um pilar crucial para o desenvolvimento social e econômico de qualquer nação. 

No Brasil, a luta contra a insegurança alimentar tem impulsionado diversas iniciativas governamentais destinadas a garantir que as necessidades básicas de todos os cidadãos sejam atendidas. 

Com políticas voltadas para a distribuição de alimentos essenciais, o governo busca não apenas aliviar a fome, mas também fortalecer as comunidades através de um suporte nutricional adequado.

Governo distribui cesta básica para brasileiros com estes CPFs; veja a lista
Brasileiros podem receber cesta básica do Governo – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Ampliando o acesso à segurança alimentar: a distribuição de cestas básicas pelo governo federal

O Governo Federal do Brasil tomou uma iniciativa significativa para melhorar a segurança alimentar das famílias em vulnerabilidade social ao anunciar a distribuição de cestas básicas. 

Este programa não só reforça o combate à insegurança alimentar, mas também amplia o alcance das ações governamentais para todos os cidadãos cadastrados no Bolsa Família.

Foco nas comunidades Yanomami

A primeira fase do programa concentra-se nas comunidades Yanomami, um dos grupos indígenas mais isolados do Brasil. 

O governo firmou um contrato de R$ 18,5 milhões com uma companhia aérea para garantir a entrega eficiente de cestas básicas, usando aeronaves e helicópteros. 

Este esforço inicial distribui aproximadamente 400 cestas básicas diárias, com expectativas de aumento mediante a inclusão de recursos adicionais.

Combate a atividades ilegais e melhoria da infraestrutura

A segunda fase do plano alia a distribuição de alimentos ao combate de atividades ilegais, como o garimpo, e à melhoria da infraestrutura em áreas críticas como saúde, meio ambiente e agricultura familiar. 

Com um investimento adicional de R$ 1 bilhão, esta etapa visa criar soluções de longo prazo que sustentem o desenvolvimento e a autossuficiência da Terra Indígena Yanomami.

Cooperação e sustentabilidade a longo prazo

A fase final do projeto das cestas básicas envolve a coordenação entre vários ministérios e a criação da Casa de Governo em Roraima, que supervisionará a implementação de medidas contra a crise humanitária. 

Além do mais,  integrará serviços e projetos que promovam a sustentabilidade e o modo de vida tradicional das comunidades Yanomami.

Como conseguir cesta básica no Bolsa Família

Além do novo programa, o Bolsa Família já oferece cestas básicas mensais, organizadas pelo governo estadual ou municipal. 

As famílias elegíveis são aquelas inscritas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) com renda familiar de até três salários mínimos. 

Algumas localidades optaram por substituir a cesta básica  física por um cartão com valor creditado para compra de alimentos, proporcionando maior liberdade de escolha para as famílias.

Veja também: Empréstimo do Bolsa Família disponível novamente? Posso solicitar HOJE (18)? Veja as regras!

Informações sobre o Bolsa Família 

O valor do benefício segue esta tabela: 

  • Cesta básica de, em média, R$ 200 em algumas cidades ou estados.
  • Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por pessoa na família.
  • Benefício Complementar (BCO): Garante que todas as famílias beneficiadas recebam no mínimo R$ 600.
  • Benefício Extraordinário de Transição (BET): Assegura que nenhum beneficiário receba menos do que o previsto pelo programa anterior, Auxílio Brasil, até maio de 2025.
  • Benefícios de R$ 50 específicos para crianças e gestantes, visando fortalecer o suporte às fases críticas de desenvolvimento.
  • Por fim, BPI (Benefício Primeira Infância) de R$ 150 para crianças de até seis anos de idade. 

Calendário

  • NIS final 1: 17 de abril
  • NIS final 2: 18 de abril
  • NIS final 3: 19 de abril
  • NIS final 4: 22 de abril
  • NIS final 5: 23 de abril
  • NIS final 6: 24 de abril
  • NIS final 7: 25 de abril
  • NIS final 8: 26 de abril
  • NIS final 9: 29 de abril
  • NIS final 0: 30 de abril

Veja também: Estes brasileiros vão receber metade do Bolsa Família em abril; entenda o motivo