Governo vai ajudar Empresas no Pagamento do Salário de Funcionários: R$ bilhões devem ser liberados!

Vinicius Colares
Atualizado Hoje!

Governo vai ajudar Empresas no Pagamento do Salário de Funcionários – Conheça mais detalhes de uma das principais medidas divulgadas pelo Governo Federal para diminuir a crise econômico no período do novo coronavírus!

A economia de todo o mundo está sendo abalada pelo novo coronavírus. Isso porque a principal medida de prevenção para um mal maior, de acordo com especialistas em infectologia e biólogos ao redor do globo, é o isolamento social. 

Isso quer dizer que lojas e empresas de diversos tamanhos precisam fechar e é por isso que o Governo vai ajudar a pagar os salários de funcionários em todo o Brasil. Essa medida está sendo adotada por países europeus e está sendo estudada também pelos Estados Unidos. 

A seguir vamos falar um pouco dessa medida que propõe essa nova linha de crédito. Confira e saiba exatamente como deverá acontecer essa ação que irá influenciar positivamente a saúde financeira de vários empreendedores. 

Governo vai ajudar Empresas no Pagamento do Salário de Funcionários
Imagem: Divulgação

Pagamento de Salário Funcionários Governo Federal

Primeiramente, como vai funcionar o pagamento de salário de funcionários pelo Governo? Para entender isso é importante lembrar de detalhes que foram divulgados nesta última sexta-feira (27 de março). 

O que o Governo Federal anunciou foi uma linha de crédito emergencial para pequenas e médias empresas. A intenção dessa medida é garantir o pagamento de salários de funcionários pelo período de dois meses. 

Essa ação foi anunciada oficialmente pelo presidente Jair Bolsonaro junto ao presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. A ideia é que esse programa possa oferecer um máximo de R$ 20 bilhões por mês: isto é, devem ser liberados R$ 40 bilhões em dois meses. 

Essa ação acontece em um momento de grande pressão sobre o atual presidente para tomar medidas de apoio para empreendedores e trabalhadores. Isso porque o ideal é que, como estão fazendo vários outros países, as medidas de isolamento se intensifiquem como solicitado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Saiba mais também sobre a Ajuda Mensal de R$ 600 do Governo!

Ajuda para Pequenas e Médias Empresas

Essa ajuda para pequenas e médias empresas do Governo Federal foi recém anunciada, portanto, deve ser vista com cuidado. Alguns detalhes são importantes como é o caso de um valor máximo de suporte. 

Isto é, de acordo com Campos Neto, o dinheiro para pequenas e médias empresas vai financiar no máximo dois salários mínimos por trabalhador. Ou seja, quem possui até dois salários mínimos vai continuar com o mesmo rendimento. 

Funcionários que ganham acima de dois salários terão um teto de dois salários mínimos para receber. Isso acontece para que todos possam receber essa ajuda e não aconteça uma disparidade que acabe prejudicando outros. 

Outras medidas também foram esclarecidas pelo presidente do Banco Central:

  • Empresas que podem solicitar ajuda são aquelas com faturamento entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões por ano;
  • O dinheiro será voltado apenas para folha de pagamento;
  • A empresa terá 6 meses de carência e até 36 meses para pagar o empréstimo;
  • Juros serão aplicados no valor de 3,75% ao ano. 

Importante: de acordo com o presidente do Banco Central, os funcionários não podem ser demitidos por um período de dois meses caso trabalhe em empresa que contrate essas linhas de crédito. 

Essa ajuda do Governo no pagamento dos salários acontecerá em parceria com o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e bancos privados. 

Descubra como será o Funcionamento dos Bancos nesta semana!

 

Leia Também