Golpes mais comuns entre os MEIs: proteja-se contra criminosos

Todos os meses, milhares de MEIs acabaram recebendo tentativas de golpes em suas redes. Infelizmente, há quem caia. Portanto, é importante reconhecer cada um.

O mundo do empreendedorismo está cheio de oportunidades, mas também de armadilhas, especialmente para os Microempreendedores Individuais (MEIs).

Com a digitalização dos negócios, os golpes se tornaram mais sofisticados. Confira pelo menos cinco fraudes frequentes contra MEIs e dicas valiosas para proteger seu negócio.

Todos os MEIs podem estar sujeitos a diversos tipos diferentes de golpes. Confira os riscos!
Todos os MEIs podem estar sujeitos a diversos tipos diferentes de golpes. Confira os riscos! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Golpes que podem fazer MEIs de vítimas

Na internet é cada vez mais comum se deparar com inúmeros tipos de golpes diariamente. Algumas pessoas, que estão por dentro dessas tentativas, já sabem como ignorar ou evitar. Porém, há quem ainda caia.

Felizmente, é possível se esquivar facilmente de qualquer um desses problemas apenas algo que você pode conseguir de graça: conhecimento. Confira!

Sites falsos para abertura do MEI

Primeiramente, golpistas criam páginas que imitam o site oficial do governo, enganando os usuários a pagar por uma taxa de formalização inexistente.

Lembre-se, o registro do MEI no portal do empreendedor é totalmente gratuito. Verifique sempre o URL, buscando o “.gov.br” e o cadeado de segurança, sinais de uma página legítima.

Boletos de cobranças indevidas

Em seguida, estelionatários emitem boletos falsos, se passando por cobranças legítimas do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS).

Esses documentos fraudulentos podem parecer convincentes, mas pagar um boleto falso significa enviar seu dinheiro diretamente para os golpistas. Sempre confira seus débitos diretamente nos canais oficiais.

Pedidos de retificação enganosos

Ademais, e-mails solicitando correções na Declaração Anual do Simples Nacional do MEI (DASN-SIMEI) podem conter links maliciosos.

A Receita Federal não envia e-mails solicitando retificações sem seu consentimento prévio. Qualquer comunicação deve ser verificada através do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) no site oficial: https://cav.receita.fazenda.gov.br/autenticacao/login.

Não perca: R$ 1.727,00 em benefícios do governo: Bolsa Família, Auxílio Gás, BF, Primeira Infância e outros adicionais fazem a alegria dos brasileiros

Propostas tentadoras de empréstimos

Ofertas de empréstimos com condições “imperdíveis” e juros abaixo do mercado podem ser uma armadilha para coletar seus dados ou extorquir dinheiro antecipadamente.

Portanto, desconfie de ofertas recebidas por e-mail, WhatsApp ou telefonemas. Se precisar de crédito, busque instituições financeiras renomadas e, preferencialmente, visite-as pessoalmente.

Renegociação de dívidas fictícias

Por fim, criminosos podem se passar por agentes de renegociação de dívidas, oferecendo “facilidades” para o pagamento de débitos inexistentes.

Antes de mais nada, verifique suas pendências reais através dos canais oficiais do governo. Nunca realize pagamentos ou forneça dados pessoais sem a certeza da legitimidade da cobrança.

MEIs, protejam seu negócio

  • Verificação: sempre cheque a veracidade das informações em sites oficiais do governo;
  • Desconfiança: se algo parece bom demais para ser verdade, provavelmente não é;
  • Educação: além disso, mantenha-se informado sobre os tipos de golpes mais comuns para poder identificá-los;
  • Denúncia: caso suspeite ter sido vítima de um golpe, denuncie às autoridades.

Cuidado com golpes contra MEIs

Para os MEIs, a prevenção é o melhor remédio contra fraudes. Ficar atento a sinais de golpes e seguir as práticas de segurança recomendadas pode salvar seu negócio de prejuízos significativos.

Lembre-se, a informação é sua maior aliada na luta contra a fraude. Mantenha-se seguro, mantenha-se informado.

Espero que essas informações ajudem a navegar com mais segurança no mundo dos negócios. Proteja seu empreendimento e seu futuro como MEI, evitando cair nas armadilhas de criminosos cada vez mais criativos.

Acompanhe mais matérias interessantes: Vai entregar a declaração anual do MEI? Veja como fazer corretamente para NÃO errar!