GDF prorroga PAGAMENTO da 2ª PARCELA do Auxílio de R$ 408: Confira como ficou!

Vinicius Colares
Atualizado Hoje!

GDF prorroga PAGAMENTO da 2ª PARCELA do Auxílio de R$ 408 – Fique ligado e entenda como vai funcionar essa parcela do benefício! 

É muito importante que neste momento você e todos os seus familiares fiquem informados sobre os principais benefícios disponíveis para você. Por isso você deve saber que o GDF prorrogou o pagamento da 2ª parcela do Auxílio de R$ 408,00

A ideia é que milhares de pessoas possam conseguir obter os valores sem precisar fazer parte de aglomerações e entrar em filas. Com isso todos poderão receber sem botar a sua saúde e do próximom em risco. 

A seguir vamos falar um pouco mais sobre como funcionará esse auxílio. Confira e saiba exatamente quem poderá contar com esses valores nas próximas semanas. Fique ligado e mantenha-se sempre informado. 

GDF prorroga PAGAMENTO da 2ª PARCELA do Auxílio de R$ 408
Imagem:Dvulgação

Liberação do Auxílio Emergencial R$ 408

Antes de mais nada, é importante lembrar que a liberação do Auxílio Emergencial de R$ 408 foi adiada. Agora todos os beneficiários devem ficar atentos já que o dinheiro começará a ser repassado a partir da próxima semana. 

Presidente analisa PRORROGAÇÃO do Auxílio com NOVIDADE: Confira os NOVOS VALORES!

Ou seja, a segunda parcela do Auxílio de R$ 408 começa a partir do dia 30 de junho. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Social, as datas foram modificadas justamente para reduzir aglomerações. 

Isso poderia acontecer já que as pessoas que ainda estavam recebendo a primeira parcela estão ainda retirando os cartões para benefício. A ideia é que um total de 3.715 pessoas consigam receber essa ajuda e tenham o cartão em mãos em breve. 

Quem tem direito Auxílio de R$ 408

Mas e quem tem direito ao Auxílio de R$ 408? É importante lembrar que não são todas as pessoas que poderão ter os valores em mãos. É necessário estar dentro de alguns requisitos específicos. 

Entre eles estão:

  • Possuir renda inferior a meio salário mínimo (R$ 522,50, no máximo); 
  • NÃO estar recebendo o Auxílio Emergencial de R$ 600,00 do Governo Federal. 

Renda Emergencial DF

Por fim, o programa Renda Emergencial DF surgiu com a intenção de pagar um total de até três parcelas. Ou seja, quem receber os benefícios poderá contar com um complemento de renda de até R$ 1.224 em três meses. 

Isso quer dizer que depois do pagamento da 2ª parcela da Renda Emergencial no Distrito Federal ainda será disponibilizada mais uma mensalidade. É importante lembrar que essa é ação voltada especificamente para quem mora em Brasília. Serão mais de 3 mil pessoas beneficiadas com os valores. 

Para saber mais e para fazer a consulta no Renda Emergencial, acesse o site: https://rendaemergencial.brb.com.br/#/home

 

Leia Também