- Publicidade -

Fies em 2022: 1 milhão de beneficiários podem renegociar a dívida

Estudantes inadimplentes, beneficiados pelo FIES, terão possibilidade de negociação de dívida com descontos de até 92%

0

O FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) é um empréstimo que é feito aos que desejam cursar uma faculdade, foi criado pelo Ministério da Educação,e tem como objetivo viabilizar o ingresso ao ensino superior, para todos aqueles que não têm condições financeiras de pagar uma faculdade da rede privada.

- Publicidade -

Com a intenção de atender de maneira mais eficaz, o programa passou por várias reformulações ao longo dos anos,se tornando mais moderno e com a nova intitulação de Novo Fies. Há disponível três modalidades de financiamento, a modalidade Fies (modalidade 1), onde o financiamento é ofertado de maneira direta do governo ao estudante e com baixo custo.

A outra modalidade é o P-Fies (que inclui a parte 2 e 3) onde o financiamento é oferecido diretamente das instituições financeiras, e tem um valor abaixo do mercado por conter recursos públicos envolvidos. O financiamento deve ser pago após o término do curso, onde o estudante já estará no mercado de trabalho e apto a quitar sua dívida. Entretanto, muitos encontram dificuldades em arcar com os valores, a pandemia intensificou essa dificuldade, causando a inadimplência de muitos estudantes. Com o intuito de resolver essas pendências, o governo federal liberou a negociação desses valores.

Fies em 2022: 1 milhão de beneficiários podem renegociar a dívida
Veja quem poderá renegociar diívida do FIES em 2022.
Imagem: portalfies.mec.gov.br

Quem tem direito a renegociação?

- Publicidade -

A medida provisória que foi elaborada para a renegociação de dívidas do programa vai atender estudantes que estão com contratos ativos e que tiveram sua abertura até 2017. Estima-se que mais de 1 milhão de estudantes estejam inadimplentes há mais de um ano.

Veja também: Novidade! Fies 2022 não usará nota da edição passada do Enem: Veja como se inscrever

Quais são as  opções de renegociação?

Uma das principais propostas é o parcelamento da dívida em até 150 meses, para o estudante interessado em quitar de maneira integral o valor, além do parcelamento longo que viabiliza o pagamento, os encargos moratórios terão redução de 100%, com concessão de 12% de desconto sobre o saldo devedor. Para os estudantes que estão cadastrados no CadÚnico ou são beneficiários do auxílio emergencial, o desconto será de 92%. Os estudantes que não se enquadram nos requisitos acima, terão desconto de 86,5%. 

- Publicidade -

Qual o meio de negociação?

A MP (Medida Provisória) já está em vigor desde o final de 2021 mas ainda precisa passar pelo processo de aprovação do Congresso Nacional em até 120 dias,após o fim do recesso legislativo, que terá como fim o mês de fevereiro. Assim, as negociações poderão ser realizadas por meio dos canais de atendimentos que irão ser disponibilizados pelos agentes financeiros do programa.

Veja também: Vagas do Fies em 2022: MEC anuncia mais de 110 mil vagas para o primeiro e segundo semestre

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais