Fies 2020 – Nota mínima na redação do Enem e outras novas regras!



Confira todos os detalhes sobre como conseguir um Financiamento Estudantil a partir da próxima edição!

Jovens e adultos de todas as regiões do país já começaram a organizar a sua vida profissional para o próximo ano. Muitos sonham em entrar em uma instituição de ensino superior e para isso o Fies 2020 surge como uma ótima opção. 

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) continua sendo um dos principais programas de educação do país. São milhares de pessoas buscando um espaço em uma universidade através dessa ação específica. 

Confira a seguir quais são algumas das principais mudanças no processo de seleção. Saiba como inscrever-se e participar para conseguir um financiamento na próxima edição. Fique ligado!

Fies 2020
Foto: Divulgação

Como Funciona Fies 2020

Muitas pessoas estão querendo saber como funciona o Fies 2020. Mas algumas novidades vão surgir a partir do Ministério da Educação (MEC) e vão mudar a forma do processo de seleção. 

O Fundo de Financiamento Estudantil irá exigir a partir da próxima edição uma nota mínima de 400 pontos na redação do Enem. Sempre foi obrigatório que os candidatos façam o Exame Nacional do Ensino Médio, mas agora é necessário que haja uma nota específica na prova de redação. 

Essa é uma das mudanças que foi aprovada pelo Comitê Gestor do Fies. Outra novidade do Fies 2020 é que a partir de 2021 o programa poderá reduzir o número de vagas que são financiadas pelo Governo Federal. 

Até o momento não havia exigência de uma nota mínima para o Fies. Agora na redação do Enem é necessário ter essa pontuação de 400 pontos. Outros programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou o Programa Universidade para Todos (ProUni) ainda exigem apenas que os candidatos não zerem a redação. 

Mudanças Fies 2020

Essas mudanças no Fies 2020 vão fazer parte já no próximo processo de seleção. Além da nota mínima na redação, continua valendo a regra anterior de nota mínima média de 450 pontos nas provas específicas do Enem. 

Outra novidade no Fies é que ficou mais difícil mudar de curso dentro da instituição que você escolheu. Para conseguir a transferência agora é necessário que os estudantes beneficiados tenham resultado igual ou superior à nota de corte do curso que querem a transferência. 

Já a redução de vagas do Fies acontecerá a partir dos próximos anos. As vagas poderão passar de 100 mil em 3030 para 54 mil nos anos de 2021 e 2022. Isso acontecerá se não houver alteração nos parâmetros econômicos atuais. 

Para saber mais, confira o site:

http://fies.mec.gov.br/

 

Leia Também