FGTS será pago via PIX? Brasileiros já estão comemorando a ação de saque

A plataforma FGTS Digital introduz o pagamento do FGTS via PIX, simplificando recolhimentos e trazendo eficiência e segurança para empregadores e trabalhadores no Brasil.

A digitalização dos processos financeiros alcança um novo patamar com a introdução do pagamento do FGTS via PIX. Esta inovação promete revolucionar a maneira como os empregadores fazem os recolhimentos. 

Com benefícios que vão desde a prevenção de pagamentos duplicados até a agilidade na transferência de fundos, essa mudança facilita a gestão financeira das empresas e assegura mais eficiência para os trabalhadores.

É um passo significativo na modernização dos serviços financeiros no Brasil, refletindo o potencial do PIX como ferramenta de pagamento.

FGTS será pago via PIX Brasileiros já estão comemorando a ação de saque
Entenda como o FGTS será pago com o Pix – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Pagamento do FGTS via PIX: uma revolução na agilidade dos recolhimentos

O Ministério do Trabalho e Emprego anunciou um avanço significativo para empregadores e trabalhadores brasileiros: a implementação do pagamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) através do PIX. 

Esta inovação, parte da nova plataforma FGTS Digital, promete simplificar e agilizar o processo de recolhimento das contribuições ao fundo.

Uma nova era

A plataforma FGTS Digital foi criada com o objetivo de unificar e simplificar a prestação das informações dos trabalhadores. 

Uma das principais inovações é permitir o recolhimento do FGTS via PIX. Isso significa que os empregadores poderão gerar boletos com QR Code para pagamento direto, aumentando a praticidade e eficiência do processo.

Benefícios do PIX 

A adoção do PIX como método de pagamento traz múltiplas vantagens. 

Entre elas, a eliminação de pagamentos duplicados, prevenção contra recolhimento de débitos já quitados, e a impossibilidade de pagar guias vencidas.

 Essas mudanças representam um avanço importante na gestão do FGTS, garantindo maior rapidez na arrecadação e no depósito dos valores nas contas dos trabalhadores.

Impacto para empregadores e trabalhadores

Além da agilidade no processo de recolhimento, o FGTS Digital oferece recursos como cálculo de indenizações compensatórias, emissão de extratos detalhados por trabalhador, e opções de estorno e parcelamento. 

Para os empregadores, isso representa uma economia significativa de tempo, estimada em 36 horas por mês, além de redução nos custos operacionais, que podem chegar a R$ 144 milhões por ano.

O Ministro do Trabalho, Luiz Marinho, destacou que a plataforma traz modernização, transparência, e eficiência para as empresas, contribuindo para a redução do chamado “custo Brasil”.

A nova plataforma pode ser acessada por este link: https://www.gov.br/trabalho-e-emprego/pt-br/servicos/empregador/fgtsdigital.

Veja também: Passo a passo para acessar o FGTS Digital ainda HOJE (07): confira os requisitos

Quando eu posso sacar o Fundo de Garantia ? 

Existem várias possibilidades de saque do FGTS. A mais conhecida é o saque-rescisão. Além do mais, desde 2019, os brasileiros podem solicitar o Saque-aniversário. Confira mais detalhes. 

Saque-rescisão: segurança em momentos de ruptura

O saque-rescisão é tradicional e permite o resgate total do saldo do FGTS em caso de demissão sem justa causa. 

Essa modalidade garante um montante significativo em um momento de ruptura profissional, auxiliando na transição para um novo emprego ou na abertura de um negócio próprio.

 Neste caso, o trabalhador ainda recebe uma multa de 40% sobre o valor do FGTS, além do saque integral do Fundo. 

Saque-aniversário: flexibilidade e planejamento

O saque-aniversário, criado em 2019, oferece mais flexibilidade ao permitir saques anuais de uma parcela do saldo do FGTS. 

Essa modalidade pode ser interessante para quem busca complementar a renda ou realizar investimentos periódicos.

Contudo, a pessoa perde o direito ao saque-rescisão, ao optar pelo Saque-aniversário. 

Veja também: Veja como comprar sua casa própria utilizando o FGTS Futuro; passo a passo!