FGTS para quem pediu demissão


FGTS para quem pediu demissão - Um projeto recentemente criado e ainda esperando aprovação garante que os trabalhadores saquem de forma integral seu FGTS!
FGTS para quem pediu demissão

FGTS para quem pediu demissão – Se novo projeto for aprovado os trabalhadores que pediram demissão podem sacar integralmente seu FGTS. Veja os detalhes!

FGTS para quem pediu demissão – Saiba de todas as informações sobre este projeto que está com grandes possibilidades de aprovação no plenário!

O trabalhador que quiser pedir demissão está cada vez mais próximo de poder sacar de forma integral o seu Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Isso porque foi aprovado esta semana um projeto com esse intuito pelo senado, através da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) da Casa.

Como este projeto foi aprovado em caráter terminativo, se não houver apresentação de nenhum recurso para ser analisado no plenário, o projeto irá seguir de forma direta para ser estudado pela Câmara dos Deputados.

Por enquanto, o saque do FGTS funciona da seguinte forma, pela consolidação das Leis do Trabalho (CLT) o trabalhador pode resgatar 80% do FGTS em casos que ele seja demitido, mas não se pedir demissão.

FGTS para quem pediu demissão
Foto: DIvulgação

Declarar em 2018 o saque da conta inativa do FGTS no IRPF

No ano de 2017, mais de 25 milhões de trabalhadores puderam sacar um total de R$ 44 bilhões em recursos das contas inativas do FGTS. Os funcionários, nesta situação, devem informar estes valores sacados em seus “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”, contido na Declaração de Imposto de Renda de 2018, ou seja, Declarar em 2018 o saque da conta inativa do FGTS no IRPF. Nesta seção, também é obrigado incluir o nome da Caixa Econômica Federal como a fonte pagadora, para isso deve informar o CNPJ da instituição.

Declarar em 2018 o saque da conta inativa do FGTS no IRPF
Foto: Divulgação

Os contribuintes podem enviar suas declarações do IR 2018 para a Receita Federal já a partir desta semana. Para 2018, os contribuintes que já sacaram as suas contas inativas do FGTS devem relatar em sua declaração a quantia recebida em 2017. Mesmo não existindo cobrança de imposto em relação ao recurso que foi ganho pelo cidadão referente ao FGTS ele deve constar na Declaração de Imposto Renda.

Baixe o programa para realizar a sua Declaração de Imposto de renda neste site: http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/irpf/2018/download

Sacar o FGTS em 2018

Para Sacar o FGTS em 2018 é preciso comprovar que não pode ir até uma agência da caixa em 2018, isso devido a alguma doença grave que o impediu, ou estar privado da liberdade por cumprimento de pena de reclusão.

Sacar o FGTS em 2018
Foto: Divulgação

O cidadão deve ir até a Agência da Caixa Econômica Federal levando em mãos seu atestado médico ou a certidão hospitalar que comprove a enfermidade que não deixou que ele fosse no prazo receber a quantia destinada ou um documento que comprove ser a reclusão. O trabalhador pode fazer isso até o dia 31 de dezembro de 2018.

Confira se você possui valor a ser sacado: http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/contas-inativas/Paginas/default.aspx

Confira também Quem pode e quando sacar o FGTS 2018!







Outros Artigos Relacionados!

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Igor Nunes

Autor: Igor Nunes

Redator

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *