Coisas que NÃO podem faltar na redação do Enem 2022: fique atento!

Confira as dicas!

A redação do Enem 2022 é uma prova que tem deixado os candidatos apreensivos. Afinal, ela possui peso em qualquer curso do ensino superior, sendo, inclusive, um grande critério de desempate nas pontuações.

Portanto, saber como ela funciona pode ajudar os alunos que prestarão o exame a terem uma nota satisfatória após a realização.

Quer saber quais os critérios de avaliação da redação e conferir o que não pode faltar nesse momento? Então continue nos acompanhando abaixo para não perder nenhuma informação!

O tema da redação do Enem 2022 é um mistério, mas ainda é possível se preparar para ela. Veja como!
O tema da redação do Enem 2022 é um mistério, mas ainda é possível se preparar para ela. Veja como! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Critérios de avaliação da redação do Enem 2022

Primeiramente, é bom entender quais critérios os avaliadores da redação levam em conta na hora de corrigir os textos. Basicamente, são cinco principais:

  • Domínio da escrita formal da língua portuguesa;
  • Demonstrar compreensão do tema e saber aplicar as áreas de conhecimento a ele;
  • Conseguir interpretar informações e organizar argumentos;
  • Dominar os mecanismos linguísticos para embasar a argumentação;
  • Ter boa capacidade de conclusão com propostas de intervenção coerentes e que respeitem os direitos humanos.

A pontuação da redação pode ir de 0 a 1000 e ela conta com alguns textos motivadores para ajudar o estudante a organizar seus pensamentos, visto que o tema pode pegar muita gente de surpresa.

Inclusive, é sempre bom ficar atento às notícias de situações que ocorrem no país, pois a redação do Enem sempre apresentará temas que a acontecem no Brasil e que são problemas contemporâneos.

Em caso de dúvidas, o aluno pode acessar a Cartilha do Participante (https://bityli.com/oIsvMMTY), que é um documento disponibilizado pelo Ministério da Educação (MEC) que contém diversas redações nota mil com análises que indicam por quais motivos elas receberam essas notas.

Veja também: Coisas que NÃO podem ser feitas nos dias de prova do Enem: Ministério da Educação orienta!

O que não pode faltar na redação?

O maior motivo da ansiedade dos candidatos que prestarão a prova é que a redação sempre conta com temas surpresa, então o preparo nunca é suficiente. Entretanto, saber como ela funciona de forma básica pode salvar muitos alunos nesse momento decisivo.

Vale lembrar que as provas ocorrerão neste mês em dois finais de semana diferentes, nos dias 13 e 20 de novembro.

A redação, no caso, ocorre logo no primeiro dia, juntamente com as provas de Linguagens e Códigos e Ciências Humanas. Primeiramente, cabe salientar que o modelo exigido é sempre um texto dissertativo-argumentativo, em que é necessário apresentar argumentos para defender um ponto de vista.

Portanto, quanto mais embasado o argumento, com dados oficiais, contexto histórico e pesquisas, mais chances de conseguir uma pontuação maior.

Além disso, é bom sempre fazer a relação dos argumentos com diversas áreas, pois isso mostra que o candidato tem conhecimento de mundo e capacidade para fazer paralelos com os tópicos cobrados.

Por fim, é bom se atentar à forma de escrita: ela deve ocorrer sempre na terceira pessoa do singular, então expressões na primeira pessoa como “eu acredito” e “eu acho” não podem estar presentes. Também é necessário apresentar no último parágrafo um mini resumo sobre o que foi apresentado atrelado à proposta de intervenção, que deve fazer sentido dentro do contexto.

Veja também: Enem 2022: Dicas para controlar a ANSIEDADE antes das provas