- Publicidade -

Exame do Enem será afetado? Inep tem corte de mais de R$ 80 MILHÕES, confira!

O Inep afirma ter um planejamento orçamentário para o Enem deste ano.

0

Os recentes bloqueios orçamentários promovidos pelo governo federal atingiram em cheio o Ministério da Educação, uma das pastas mais impactadas pelas medidas, com corte da ordem de R$ 8,7 bilhões. Responsável pela aplicação e avaliação de vários do exame do Enem, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) informou que, para este ano, suas verbas sofreram uma redução de R$ 81,2 milhões.

- Publicidade -

Veja o que diz o Inep/Imagem:  Divulgação

“Otimização de recursos” para garantir o exame do Enem

Para se ter uma ideia da abrangência da entidade, ela responde pela realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), hoje uma das mais importantes portas de entrada de estudantes em cursos superiores.

Nesse sentido, de acordo com informações da entidade, graças a uma “otimização de recursos” tanto o Enem como outros exames de competência do Inep não serão afetados pelos cortes de verbas.

- Publicidade -

Veja também: Cursinho pré-vestibular oferece 2,3 mil vagas gratuitas; prepare-se para o Enem

Especialistas estão preocupados

Mesmo assim, especialistas em educação estão preocupados. Apesar de a autarquia ter feitos esforços para otimizar ao máximo os seus recursos, ela não tentou, pelo menos por ora, reverter essa situação.

A preocupação se justifica uma vez que o Inep responde, além do Enem, pela aplicação de exames como o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb); Exame Nacional para a Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) e o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos, entre outros.

- Publicidade -

O exame do Enem é afetado?

A resposta a essa questão foi dada em nota do Inep. Segundo os termos da informação, “o valor direcionado ao Enem continua sendo de R$ 380 milhões, conforme anunciado após a prorrogação do contrato para a aplicação do exame. O planejamento está sendo realizado considerando a mesma métrica de alunos por sala do Enem 2021, em função das medidas de prevenção à covid-19″.

Seja como for, o corte nas verbas da Educação preocupa porque vêm sendo registada quedas no número de inscritos no Enem, por exemplo. Em 2021 o exame registrou o menor número de participantes desde 2008; a edição desse ano apresentou uma certa melhora, mas apenas 11,6% superior a 2021.

Exame do Encceja será em 28 de agosto

- Publicidade -

O que se viu foi um corte voltado ao Exame Nacional para a Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), cujas provas serão realizadas em 28 de agosto. Contudo, para o Inep, a aplicação do Encceja não deve sofrer prejuízos já que o número de inscritos corresponde apenas à metade do esperado.

Os mesmos especialistas informam que, além do Enem, outros exames vêm sofrendo problemas nos últimos anos. Eles temem que essa redução nas verbas destinadas à educação comprometa ainda mais a aplicação dos testes, especialmente aqueles que são voltados para a educação básica.

Veja também: Qual vai ser o tema da redação do Enem 2022? Confira 5 possíveis assuntos!

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais