Estes são os MAIORES sinais indicadores de desastres naturais; saiba quando podem ocorrer INUNDAÇÕES

Com a chegada das chuvas, os riscos de alagamentos e outros desastres naturais podem ser grandes. Por isso, é importante saber identificar os sinais.

Os desastres naturais estão entre os eventos mais devastadores que podem ocorrer, muitas vezes pegando as pessoas de surpresa.

No entanto, a natureza frequentemente nos oferece sinais de alerta que, se bem interpretados, podem salvar vidas.

Entender esses sinais pode ser crucial para se preparar adequadamente para os perigos iminentes. Confira alguns desses indicativos que a natureza nos dá antes de eventos catastróficos.

Está com receio de novas inundações? Confira os sinais que podem indicar que desastres naturais vão ocorrer.
Está com receio de novas inundações? Confira os sinais que podem indicar que desastres naturais vão ocorrer. / Foto: divulgação

Alerta de inundações: como identificar possíveis desastres

As chuvas intensas no Rio Grande do Sul resultaram em 83 mortes, afetando 364 municípios e impactando 850 mil pessoas.

Cerca de 129 mil indivíduos foram deslocados de suas casas, com 20 mil vivendo em abrigos. Até o momento, 291 pessoas estão feridas e 111 desaparecidas.

As áreas mais atingidas incluem Cruzeiro do Sul e Gramado. O Lago Guaíba ultrapassou seu nível normal em quatro metros, estabelecendo um novo recorde.

Em vista disso, confira sinais de que novas inundações podem ocorrer e saiba como se proteger.

Acompanhe mais: Como funciona o pagamento do TikTok por visualização? Torne-se um influenciador e ganhe MUITO dinheiro na plataforma!

Sinais elétricos e metálicos

  • Gosto metálico na boca: Um sabor metálico ou a sensação de alfinetadas na pele podem indicar a proximidade de um raio. Este sinal é um alerta para buscar abrigo imediatamente.
  • Cabelos arrepiados: Se você estiver ao ar livre e seu cabelo ficar arrepiado, isso pode ser um sinal de uma tempestade elétrica próxima. Procure um local seguro sem árvores ou objetos altos por perto.

Mudanças no céu e no ambiente

  • Parede de nuvens: Uma mudança rápida e significativa na altura das nuvens, especialmente sob nuvens cumulonimbus, pode indicar a formação de tornados.
  • Nuvens de funil: Nuvens que começam a girar em um movimento de funil são um prenúncio de tornados. Observar este fenômeno é um sinal para buscar abrigo em um local seguro.
  • Enormes nuvens brancas: A presença de grandes nuvens brancas em um céu azul profundo geralmente antecede tempestades fortes.

Sinais do mar e água

  • Súbito escoamento do mar: Um rápido recuo da água do mar é um dos sinais mais claros de um tsunami iminente. Neste caso, é vital afastar-se da praia e buscar áreas elevadas.
  • Aumento repentino do nível do mar: Similarmente, um aumento repentino do nível do mar pode também sugerir a chegada de um tsunami.
  • Ondas quadradas ou em cruz: Este fenômeno ocorre quando duas correntes se encontram, criando um padrão perigoso na água que pode desorientar e arrastar nadadores e embarcações.

Não perca: Como RECUPERAR dinheiro após um golpe do Pix? Confira o passo a passo simples

Comportamento animal e alterações terrestres

  • Animais selvagens correndo: Se animais normalmente evasivos estão correndo em sua direção, eles podem estar fugindo de um perigo iminente, como um incêndio florestal.
  • Terreno externo com protuberâncias ou rachaduras: Esses sinais no solo podem indicar a iminência de deslizamentos de terra, especialmente após chuvas intensas.

Fenômenos atmosféricos e climáticos

  • Número de segundos entre relâmpagos e trovões: Contar os segundos entre ver um relâmpago e ouvir o trovão pode ajudar a determinar quão longe está a tempestade. Cada cinco segundos corresponde a aproximadamente 1,6 km.
  • Anel ao redor da lua: Um círculo luminoso ao redor da lua indica a presença de cristais de gelo em altitudes elevadas, o que pode ser um prenúncio de tempo severo.
  • Folhas caídas antes de uma tempestade: O aumento da umidade antes de uma tempestade pode fazer com que as folhas das árvores caiam e indiquem a direção do vento que se aproxima.

A quem recorrer em caso de inundações?

Em caso de inundações, é crucial acionar imediatamente a Defesa Civil através do número 199.

Também é possível entrar em contato com os Bombeiros pelo número 193 para resgates e situações de emergência.

Informar-se localmente sobre os serviços de apoio municipal ou estadual específicos também é importante para receber assistência adequada durante e após eventos de inundação.

Acompanhe mais: Errou no Pix? Aprenda como resolver essa situação e ter o seu dinheiro de volta