Estes motivos podem levar a exclusão de beneficiários no CadÚnico; famílias devem se encaixar nestes critérios!

O cadastro único é o principal meio para que as pessoas sem renda possam ingressar no Auxílio Brasil.

Quem recebe benefícios do governo federal devem estar inscritos no CadÚnico, obrigatoriamente. Além disso, precisa sempre atualizar os dados para não parar de receber os valores.

O Cadastro Único (CadÚnico) foi desenvolvido com objetivo de mantero o governo informado sobre as famílias em situação de vulnerabilidade social. Essa ferramenta identifica as famílias brasileiras que precisam de recursos de programas sociais.

Estão contidos no cadastro dados essenciais, como renda, quantidade de moradores na casa, profissão, grau de escolaridade. Entretanto, para ser cadastrado no CadÚnico, o cidadão precisa cumprir alguns requisitos.

Atualize o Cadúnico para não ter benefícios suspensos/Imagem: Agência Brasil

Quais os critérios para a inscrição?

O primeiro requisito é pertencer a família em situação de extrema pobreza e de pobreza. Se a pessoa faz parte dessa condição, ela pode se cadastrar no CadÚnico.

A inscrição deve cumprir todos os critérios para que brasileiros de baixa renda possam ser incluídos nos programas sociais. Caso o beneficiário não esteja mais dentro desses critérios, ele pode ser excluído do banco de dados.

O cadastro único é o principal meio para que as pessoas sem renda possam ingressar no Auxílio Brasil, assim como em outros programas, como Casa Verde e Amarela, Tarifa Social de Energia, Auxílio Gás, entre outros.

Quem tiver interesse e dentro dos padrões estabelecidos pelo governo, deve fazer a inscrição nas unidades do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) do seu município. Para o cadastro, o cidadão precisará informar dados de toda a família: como a renda de até meio salário mínimo por pessoa. Ou de até três salários como renda total da casa.

Veja também: Novo Cadastro Único 2022: Brasileiros podem se inscrever pela internet e receber benefícios como o Auxílio Brasil e Vale-Gás?

Critérios de exclusão

O Cadastro Único também possui critérios de exclusão. São aqueles que podem servir como justificativa para bloquear o beneficiário dos programas sociais, como Auxílio Brasil e Auxílio Gás.

Entre os requisitos de exclusão estão: alteração na renda familiar, quando há um aumento de salário entre os membros e a situação da renda fica maior; ausência de atualização do cadastro. Atualizar os dados a cada dois anos ou quando houver necessidade. Já o último caso dize respeito à morte de algum membro da família. Este último caso se justiça por que com o falecimento, a situação financeira muda.

Segundo o Ministério da Cidadania todas as alterações familiar deve ser informadas imediatamente ao CadÚnico para não correr o risco de ter o benefício suspenso. A cada dois anos, o CadÚnico precisa ser atualizado. Qualquer falta de informação ou contradição nos dados pode levar à suspensão dos benefícios pagos pelo Governo Federal.

Veja também: Saiba se você é um dos inscritos no Cadastro Único que não terá direito ao Auxílio Brasil em 2022