Estágio no INSS com bolsas de até R$ 1,2 MIL; saiba tudo sobre a INSCRIÇÃO

Se você está procurando por oportunidade de estágio, não deixe a chance de trabalhar no INSS passar. Veja como se inscrever!

Neste ano, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deve abrir novas vagas para interessados em estagiarem por lá, seja através de vagas obrigatórias ou não. O recrutamento para o estágio deverá acontecer de acordo com um processo seletivo, cujas regras ainda serão divulgadas pelo órgão.

Quer entender tudo o que se sabe até agora sobre a nova oportunidade oferecida pelo INSS e como participar? Então continue nos acompanhando logo abaixo para não perder nenhuma informação importante sobre o assunto!

Já pensou em ter a oportunidade de fazer estágio no INSS? Pois agora você pode! Saiba como vai funcionar e veja as informações que se tem até agora!
Já pensou em ter a oportunidade de fazer estágio no INSS? Pois agora você pode! Saiba como vai funcionar e veja as informações que se tem até agora! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Regras para estagiar no INSS

O programa de vagas foi divulgado na última quarta-feira (22/11) no Diário Oficial da União (DOU). Segundo informações do documento, o processo seletivo deve ocorrer através de uma análise curricular ou realização de provas.

Em relação aos valores das bolsas oferecidas, o que se sabe é que a oportunidade para o ensino superior conta com 30h semanais de atuação e uma remuneração de R$ 1.125,69, enquanto a oportunidade para o ensino médio está oferecendo um pagamento de R$ 649,36.

Acredita-se que o processo seletivo estará disponível para estudantes de instituições de ensino específicas, que já sejam reconhecidas pelo instituto.

Sobre a disposição de vagas, vale destacar que, dependendo da classificação na seleção final, candidatos negros ou pardos deverão concorrer concomitantemente às vagas reservadas e de ampla concorrência. Logo, 10% das vagas totais serão reservadas para pessoas com deficiência (PcD) e 30% serão destinadas aos candidatos pretos e pardos.

Aqueles que forem selecionados para o estágio não obrigatório devem receber a bolsa nós valores supracitados, bem como auxílio-transporte. Vale lembrar que a remuneração não deve acontecer em caso de faltas, mesmo que sejam justificadas. Isso quer dizer que o dia será descontado do valor final do pagamento do estudante.

Veja também: Governo CONTRATA pessoas para trabalhar HOME OFFICE: confira essa OPORTUNIDADE

Outras informações sobre o estágio

Ademais, a carga horária de atuação do estudante deve ser compatível com seu horário de aulas na escola, ou seja, ficam reservadas quatro horas por dia ou seis horas diárias para a realização de atividades referentes às instituições de ensino.

O tempo mínimo de cumprimento dos estágios não obrigatórios é de seis meses, sendo o máximo de dois anos. A exceção fica a cargo dos estudantes PcD, que podem estagiar até que concluam seus cursos.

Vale destacar que os alunos podem realizar o estágio obrigatório juntamente com um não obrigatório, desde que os horários não se choquem e que a carga horária não ultrapasse o limite de 40 semanais. Em ambos os casos, aliás, o estagiário pode tirar um recesso de 15 dias para cada mês de trabalho. Logo, suas férias podem ser parceladas em três etapas, devendo apenas ser conversadas com o supervisor de estágio previamente.

Inscrições

Como dito anteriormente, as incrições serão realizadas através de um processo seletivo, com todos os critérios sendo explicados detalhadamente no edital de divulgação. As inscrições também serão gratuitas. Entretanto, ainda não há maiores informações sobre a liberação das participações.

Veja também: Vagas de estágio para ensino médio, superior e pós-graduação no INSS veja como se INSCREVER