ESTA moeda brasileira pode valer mais de R$ 2 MILHÕES; saiba qual é

Peça está relacionada com Dom Pedro I e a Independência do Brasil; saiba por qual motivo ela se tornou tão rara no mercado de colecionadores de cédulas e moedas.

0

Os numismatas, popularmente conhecidos como colecionadores de moedas e cédulas antigas, dedicam boa parte da vida ns busca por peças raras, que deixem sua coleção ainda mais rica e atrativa. Especificamente falando as peças raras, os colecionadores são capazes de pagar valores inimagináveis.

No Brasil, há uma moeda extremamente rara, que pode custar cerca de R$ 2,3 milhões no mercado dos colecionadores. Esta moeda é conhecida como a “Peça da Coroação” e passou a ser emitida após a Independência do Brasil, no ano de 1822.

ESTA moeda brasileira pode valer mais de R$ 2 MILHÕES; saiba qual é
Conheça qual é esta moeda Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Peça da Coroação

Como o próprio nome sugere, a moeda foi emitida em homenagem à coroação de Dom Pedro I. Ela é tão rara no mercado, que só existem 64 exemplares dela. Em 2014 uma destas moedas foi vendida por R$ 2,37 milhões para um colecionador.

O que a torna rara é o ano de produção, a ocasião e também a quantidade de exemplares que foram emitidos na época. Há rumores de que só existem 64 moedas da coroação devido à desaprovação de Dom Pedro I com relação à peça.

Historiadores afirmam que o rumor é de que Dom Pedro I não gostou de como aparecia na moeda, com o peito nu. Por isso que as demais foram emitidas com a representação dele com as roupas militares.

Veja também: Moeda pode valer R$ 3 MIL: confira se você tem uma na carteira

Moedas raras de diversos valores

Além desta peça da coroação, há moedas raras de R$ 0,5, R$ 0,25, R$ 0,50 e R$ 1 espalhadas pelo Brasil ou na coleção de alguém. Vamos conhecer um pouco mais sobre elas.

  • Moeda rara de R$ 0,5

Há um modelo específico que está no radar dos colecionadores de moeda. É um modelo que foi emitido pelo Banco Central (BC) do Brasil há 23 anos, em 1999.

Ela é rara porque não houve uma grande tiragem do modelo. Com isso, colecionadores pagam altos valores para tê-la na coleção.

  • Moeda rara de R$ 0,25

A moeda rara é a confeccionada em metal prata e que possui o desenho de um hexágono. A raridade desta peça é referente a um erro de emissão, que fez com que a moeda se tornasse conhecida no merado como “mula”. Isso porque ela possui a espécie de uma imagem da moeda de 50 centavos.

Especialistas explicam que o lado da coroa desta moeda, onde fica o número, foi confeccionado normalmente, com as listras ao fundo, valor e o hexágono. A diferença está no lado cara, que é igual à cara da moeda de 50 centavos.

Por causa do erro, a moeda pode custar R$ 2,8 mil no mercado de colecionadores. No entanto, o valor vai depender da convervação do objeto e do interesse do comprador.

  • Moeda rara de R$ 0,50

Há duas moedas raras de 50 centavos, emitidas em 1998 e 2012, que enchem os olhos dos colecionadores de moedas e cédulas. A primeira foi lançada em comemoração aos 50 anos da Declaração dos Direitos Humanos e pode valer até R$ 450.

A segunda, por sua vez, foram emitidas com um erro: nelas, não consta o número zero. Por isso, estes modelos podem vales R$ 1,8 mil no mercado.

  • Moeda rara de R$ 1,00

Esta moeda rara pode valer até R$ 7 mil. Ela foi feita em homenagem aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, realizados em 2016. Ela pode chegar a este valor nos leilões

Saiba mais: Esta moeda de 25 centavos pode valer até R$ 3 mil; confira