Erros na Correção do Enem 2019 – Entenda o que aconteceu e saiba se você foi afetado

Equipe de RedaçãoEquipe de Redação
Atualizado Hoje!

Confira todos os detalhes sobre inconsistências que foram encontradas no Exame Nacional do Ensino Médio!

Esse é um dos momentos mais aguardados do ano para milhares de jovens e adultos. É quando os resultados do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) são divulgados que muitas pessoas sabem se vão conseguir uma vaga no Ensino Superior. 

Por isso os erros na correção do Enem 2019 estão dando o que falar. Muitas pessoas estão reclamando que podem ter sido prejudicadas. O próprio Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) já se pronunciou sobre o fato. 

Confira a seguir mais informações sobre o que aconteceu. Saiba o que foi divulgado oficialmente até o momento sobre a correção do principal exame do país! Fique atento!

Erros na Correção do Enem 2019

Erros Enem 2019

Os erros no Enem 2019 estão sendo apontados por muitos candidatos que participaram das provas. O próprio ministro da Educação e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira já se pronunciaram. 

Inicialmente o Inep divulgou que foram encontrados quatro casos de inconsistências na correção da segunda prova do exame. Devido a esse erro, estudantes relataram em redes sociais que teriam ficado surpresos com as notas baixas. 

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, informou inicialmente que os problemas no Enem 2019 seriam corrigidos até segunda-feira (20). Porém, no último domingo (19) houveram outras reclamações também sobre o primeiro dia de prova. 

O erro que havia surgido apenas na prova de Matemática e suas tecnologias também se estendeu para participantes nas notas do primeiro dia. Neste caso, os relatos são de notas erradas na prova de Linguagens e Ciências Humanas (e na redação). Por isso o Inep resolveu revisar também essas provas. 

Problema Correção Enem 2019

De acordo com matéria da Folha de São Paulo, o problema na correção do Enem 2019 pode ter afetado até 30 mil candidatos. Segundo o próprio Inep, a revisão das provas irá acontecer para tranquilizar e dar segurança aos alunos.

Em coletiva de imprensa na manhã de domingo (19), em Brasília), o presidente do Inep afirmou que o erro foi da gráfica responsável pela impressão da prova. O arquivo que teria sido enviado pela empresa para as responsáveis pela aplicação da prova (FGV e Cesgranrio) provocou o problema. 

Sendo assim, o gabarito do Enem 2019 não foi da cor da prova que os alunos fizeram – em alguns casos. De acordo com o Inep, o erro pode atingir apenas 1% dos candidatos participantes. 

Por fim, de acordo com especialistas, a indicação é que os alunos verifiquem se existem muita diferença entre o seu gabarito e as notas divulgadas. Mais informações sobre como proceder deverão ser lançadas pelo MEC em breve.

 

Leia Também