Estava empregado em 2022? Você pode ter R$ 1,2 MIL esperando para ser SACADO

As pessoas que atuaram com a carteira assinada durante o ano de 2022 podem receber uma grande quantia em dinheiro dentro de pouco tempo. Veja como sacar os valores!

Os trabalhadores brasileiros que atuam com a carteira assinada pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) ou pelo Regime jurídico estatutário podem ter acesso a uma série de benefícios trabalhistas, como a conta aberta no FGTS, pagamento de 13º salário, seguro-desemprego, férias remuneradas e ainda o valor anual do abono salarial do PIS/Pasep. 

O Programa de Integração Social (PIS) é destinado para os trabalhadores que atuam em empresas privadas e o pagamento é feito por parte da Caixa Econômica Federal. Já o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público), por sua vez, é voltado para os servidores e funcionários públicos e, nesse caso, o saque é liberado pelo Banco do Brasil. 

Em breve, começará a ser pago o PIS/Pasep ano-base 2022 e as pessoas que trabalharam com a carteira assinada no ano em questão poderão ter acesso ao benefício. Portanto, confira a seguir como funcionará a distribuição da quantia!

PIS/Pasep ano-base 2022 deve ser pago somente em 2024. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

PIS/Pasep ano-base 2022 começa a ser pago em breve

Muitas pessoas têm se perguntado a respeito do pagamento do abono salarial do PIS/Pasep para quem trabalhou com a carteira assinada em 2022, especialmente após o governo federal ter finalizado o pagamento referente ao ano-base 2021. Pelo que se sabe até o presente momento, o abono salarial referente a 2022 será liberado no ano que vem. 

Devido a pandemia da Covid-19, o pagamento do PIS/Pasep ano-base 2020 foi adiado para 2021, isso porque os recursos destinados para este fim foram realocados pelo governo federal com o intuito de combater a doença. Diante disso, o calendário passou por uma série de reajustes, de forma que o ano-base 2020 foi pago somente em 2022. Em sequência, o abono salarial ano-base 2021, que deveria ter sido pago em 2022, foi pago somente este ano. 

Assim, devido a consequência dos acontecimentos citados, o pagamento do abono salarial para as pessoas que trabalharam em 2022 será disponibilizado somente em 2024. No entanto, é importante salientar que a situação ainda pode ser alterada. Até agora, o governo federal ainda não emitiu nenhum parecer a respeito da regularização do calendário do PIS/Pasep. 

Vale ressaltar ainda que os valores pagos pelo PIS/Pasep são bastante variáveis, isso porque se referem a quantidade de meses em que o trabalhador atuou com a carteira assinada durante o ano-base. Assim, uma pessoa que trabalhou pelos 12 meses do ano, por exemplo, pode receber o valor integral liberado pelo abono, que equivale a um salário mínimo. Já quem trabalhou por somente dois meses, levando em consideração o piso nacional atual, recebe a quantia de R$ 220. 

Para saber quanto irá receber do abono salarial, é necessário dividir o salário mínimo vigente por 12 e depois multiplicar pela quantidade de meses trabalhados durante o ano-base.

Confira também: Passo a passo para SACAR o PIS-PASEP esquecido: milhares de brasileiros ainda tem saldo disponível

Quais são os critérios para ter acesso ao PIS/Pasep?

Para ter direito ao PIS/Pasep, é necessário que o trabalhador tenha atuado por pelo menos 30 dias, sejam eles consecutivos ou não, durante o ano-base e que a sua remuneração mensal seja de até dois salários mínimos. Além disso, ainda é preciso estar com os dados atualizados no Rais (Relação Anual de Informações Sociais) e estar inscrito nos programas há pelo menos cinco anos. 

Saiba mais: Consigo sacar o dinheiro do PIS/Pasep DEPOIS do prazo? Tire suas dúvidas