É possível lucrar assistindo vídeos? App promete pagamentos de R$ 15 via Pix – Paga de verdade?

Lucrar assistindo vídeos: App CashAds promete pagamentos de até R$ 15 via Pix. Funciona mesmo? É confiável?

Quem não gostaria de ganhar dinheiro sem precisar sair de casa, e lucrar assistindo vídeos? Essa é a proposta de diversos aplicativos de micro tarefas. Para quem não sabe, apps do gênero oferecem pagamentos pequenos para usuários que cumprem atividades simples, como assistir vídeos, ler notícias, responder pesquisas, jogar games e muito mais.

Mas o público brasileiro quer saber: como escolher o aplicativo correto para ganhar dinheiro na internet? É preciso tomar cuidado, já que vários apps da área, ao invés de trazer dinheiro para os usuários, servem apenas para esconder golpes virtuais, como esquemas de pirâmide. Youtubers brasileiros estão divulgando o app CashAds com promessas de até R$ 15 de pagamentos. Funciona ou é golpe? Mostramos abaixo tudo que você precisa saber.

É possível lucrar assistindo vídeos? App promete pagamentos de R$ 15 via Pix - Paga de verdade?
Ganhando dinheiro assistir vídeos. Imagem: Agência Brasil

Como funciona o App CashAds?

CashAds é um aplicativo de micro tarefas da área de vídeos. É importante citar que não existem informações sobre a plataforma em qualquer site de reputação comprovada. O app chegou à Google Play em 23 de janeiro, e desde então, foi baixado por pouco mais de 5 mil pessoas. A descrição do aplicativo é completamente vaga e amadora, e em momento algum explica como o sistema funciona ou como repassa dinheiro ao usuários.

A descrição é basicamente uma repetição contínua da mesma frase e suas variações: “o melhor de todos os aplicativos para ganhar dinheiro”. Além disso, está repleta de erros de concordância, gramática e coesão. Dessa forma, só é possível entender o funcionamento do app assistindo vídeos de youtubers, que afirmam que a plataforma está pagando até R$ 15 para usuários assistirem vídeos.

8 Melhores Apps para Assistir Jogos ao Vivo em 2022: Estaduais, Libertadores, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Champions League e mais

Como lucrar assistindo vídeos no CashAds?

De acordo com os youtubers, os usuários podem lucrar assistindo vídeos no CashAds. Como o próprio nome já indica, os inscritos precisam assistir propagandas para ganhar dinheiro. Segundo um dos poucos prints do app postado na página do Google Play, a plataforma oferece pagamentos de 1 a 3 centavos para cada vídeo assistido. Dessa forma, para garantir a transparência prometida de R$ 15, usuários precisam assistir, no mínimo, 500 vídeos.

É possível lucrar assistindo vídeos no CashAds? – App é confiável?

No Google Play, o CashAds garantiu a nota 3.2 (em 5), considerada baixa. A descrição vaga e amadora do app é um sinal de alerta, provando que os desenvolvedores não se importaram em produzir um texto completo e bem explicado. Os comentários de usuários indicam que o app não vale a pena: além de ser difícil atingir o valor mínimo de saque, muita gente não conseguiu receber. Veja abaixo algumas avaliações e tire suas próprias conclusões.

“Uma estrela só pra comentar atingir o valor já tou com 3 dias aguardando se pagaram eu volto a jogar e dou as 5 estrela até blint eu tirei do saldo pedente.” – Alberto Nogueira.

“Solicitei o saque no valor mínimo e ficou pendente por conta do prazo, porém fiz a limpeza de dados dos meus apps, quando fui ver no app o meu saldo que tava pendente ficou 0, como solicitei o saque irei receber mesmo assim?” – Matheus Silva.

“Quando eu souber que várias pessoas receberam eu volto a usar o aplicativo mas agora vou desinstalar.” – Janefferson.

“Propaganda Enganosa Não Baixem O Aplicativo NÃO CAIAM NESSA POR FAVOR.” – Grana Top.

“Assim não dá pra ganhar dinheiro não só paga um centavo por cada anúncio.” – Franshow.

“Não baixem! Vcs vão se matar assisistindo vídeos para nada! Não paga! É furada! Mais um app Fraude,mentiroso!” – Eder Alexandre.

“Porque o desenvolvedor desse aplicativo não nos dá a resposta desenvolvedor nos dá resposta Por que não está contabilizando e parou de dar os vídeos.” – David Lima.