Doutorado Sanduíche no Exterior – Vagas Abertas

Doutorado Sanduíche no Exterior – Programa de concessão de bolsas no exterior retoma atividades

Parado desde 2015, o programa de Doutorado Sanduíche no Exterior voltou à ativa e pretende distribuir 2.185 bolsas em todas as áreas do conhecimento ainda neste ano

https://pronatec.pro.br Ministério da Educação retomou o Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE) e promete a concessão de mais de 2 mil bolsas neste ano. O auxílio da bolsa cobre despesas de mensalidades da instituiçõo a qual o aluno frequentará, seguro-saúde, deslocamento e de instalação.

Como o número de bolsas equivale ao de cursos de doutorado em andamento no país, na realidade, a quantidade total de bolsistas pode variar, para mais ou para menos, de acordo com o interesse da coordenação do programa nas instituições de ensino superior. A duração da bolsa é de, no mínimo, quatro meses e, no máximo, 12 meses, o que torna possível que cada programa de pós-graduação atenda de um a três bolsistas no ano.

Doutorado Sanduíche

Conhecido como Doutorado Sanduíche, essa modalidade possibilita a alunos regularmente matriculados em cursos de doutorado no Brasil que realizem parte do curso no exterior e retornem ao país para defender a tese e receber a titulação.

Há a restrição para quem deseja participar de que não tenha sido contemplado por outro Doutorado Sanduíche usufruindo de bolsa no curso atual ou em outro curso de doutorado realizado previamente.

Também não podem participar aqueles que, se selecionados, acumulariam a bolsa de doutorado com outras bolsas no Brasil provenientes de recursos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) ou de outras agências que utilizem recursos do Tesouro Nacional.

Inscrições Doutorado Sanduíche

Os doutorandos interessados devem estar, portanto, regularmente matriculados e candidatar-se individualmente na instituição a qual frequenta. É pré-requisito obrigatório também que o candidato tenha obtido notas de 3 a 7 na avaliação quadrienal da Capes.

O prazo para a seleção interna das universidades e até 30 de setembro, data máxima que os estudantes têm para manifestar a sua candidatura. O início dos estudos no exterior está programado para o período de Março a Outubro de 2017, respeitando os calendários das instituições estrangeiras. Confira o edital com o cronograma completo aqui.

 

Leia Também