2 critérios que podem bloquear seu Bolsa Família em 2024: tome cuidado!

Lembre-se de que o benefício é uma importante ajuda para muitas famílias brasileiras e estar dentro das regras é essencial para continuar recebendo-o.

É beneficiário do Bolsa Família, programa de renda do governo que ajuda milhões de brasileiros? Se sim, é importante ficar atento aos critérios que podem bloquear seu benefício em 2024. Com o pente-fino sendo estendido até março, duas condições se destacam. Continue lendo para saber o que deve ser respeitado para evitar a suspensão e, até mesmo cancelamento, do seu benefício.

Evite cometer estes dois erros para não ter o benefício suspenso e até cancelado! (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br)

Fiscalização acirrada

Vamos entender melhor como cada um desses dois critérios pode impactar a continuidade do seu benefício.

CadÚnico

Manter o CadÚnico atualizado é essencial para que você possa receber o Bolsa Família de forma regular. O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal reúne informações sobre a composição familiar, renda, escolaridade e outras informações relevantes.

É através desse cadastramento que o governo consegue identificar as famílias que se enquadram nos critérios do programa. Por isso, é importante manter seus dados sempre atualizados e informar qualquer mudança na sua situação familiar, como nascimento de filhos, alteração de renda ou mudança de endereço.

Renda

Além disso, apresentar renda per capita mensal familiar de até R$ 218 é outro requisito para continuar recebendo o Bolsa Família. Isso quer dizer que a renda total da família, dividida pelo número de membros, não pode extrapolar esse valor.

É importante destacar que essa medição leva em consideração a soma de todas as fontes de renda, como salários, pensões, aluguéis, benefícios previdenciários, entre outros. Por isso, é preciso estar atento a qualquer alteração na sua situação financeira que possa impactar esse critério.

Veja também: https://pronatec.pro.br/veja-como-realizar-sua-inscricao-pela-internet/

Calendário de dezembro

As datas funcionam como de costume, levando em consideração a última numeração do NIS do beneficiário. Por conta das festas de fim de ano, os repasses iniciam uma semana antes do esperado.

Dezembro

  • NIS 1: pago em 11 de dezembro (antecipação para sábado, dia 09);
  • NIS 2: pago em 12 de dezembro;
  • NIS 3: pago em 13 de dezembro;
  • NIS 4: pago em 14 de dezembro;
  • NIS 5: pago em 15 de dezembro;
  • NIS 6: pago em 18 de dezembro (antecipação para sábado, dia 16);
  • NIS 7: pago em 19 de dezembro;
  • NIS 8: pago em 20 de dezembro;
  • NIS 9: pago em 21 de dezembro;
  • NIS 0: pago em 22 de dezembro.

Se você está em dúvida sobre a atualização do seu CadÚnico ou sobre a renda per capita mensal familiar, procure o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) do seu município. Lá você encontrará profissionais capacitados que poderão esclarecer suas dúvidas e auxiliá-lo nesse processo.

Caso prefira o atendimento telefônico, no número 121 é possível realizar todas as consultas pertinentes ao programa Bolsa Família. Basta informar o CPF ou NIS (Número de Identificação Social) para que o atendimento seja iniciado.

Através do número 111 é possível obter informações, diretamente com a Caixa, sobre saques e cartões de beneficiário.

Veja também: