Dinheiro ESQUECIDO nos bancos soma mais de R$ 4 BILHÕES: quando os brasileiros poderão sacar?

Como receber o dinheiro esquecido nos bancos? Revelamos tudo que você precisa saber para fazer a sua solicitação. Valores já estão disponíveis!

Dinheiro esquecido nos bancos já pode ser solicitado pelos correntistas? É isso que inúmeros brasileiros desejam saber! Afinal de contas, de acordo com dados do Banco Central (BC), os valores esquecidos já acumulam mais de R$ 4 bilhões. Sendo assim, quem pode receber os créditos? Mostramos abaixo tudo que você precisa saber sobre os valores: de onde eles vêm, onde estão disponíveis e quando os brasileiros poderão sacar.

Os novos saques dos valores esquecidos representam a Segunda Fase do Sistema Valores a Receber (SVR) – uma plataforma digital criada exclusivamente para esse fim. O dinheiro esquecido por ter várias origens, desde cotas não sacadas de consórcios até taxas de manutenção cobradas indevidamente. Será que você já pode solicitar o saque? Veja o que o Banco Central tem a dizer sobre a questão.

Dinheiro esquecido – Tudo sobre a primeira fase

A primeira fase de pagamentos do Sistema Valores a Receber foi encerrada em abril de 2022. Na época, cerca de R$ 3.9 bilhões foram disponibilizados aos brasileiros. No entanto, somente R$ 321 milhões foram resgatados por pessoas físicas e jurídicas.

Na verdade, a maior parte do montante foi solicitada por contas de pessoas físicas. Cerca de 3,6 milhões de brasileiros pediram o resgate dos valores. Nas pessoas jurídicas, a taxa foi muito menor: apenas 19 mil PJs receberam os pagamentos.

Veja também:  Descubra QUAIS benefícios você poderá receber em 2023: lista completa!

Segunda fase do SVR libera mais de 4 bilhões em valores a receber

Com o encerramento da primeira fase do Sistema Valores a Receber, a equipe do Banco Central começou a desenvolver as regras e critérios da segunda fase. Ao que tudo indica, os requisitos para solicitação serão os mesmos da primeira versão do programa. Mas dessa vez, o BC quer distribuir valores bem maiores.

No momento atual, a expectativa envolve a liberação de aproximadamente R$ 4,1 bilhões para pessoas físicas e jurídicas do Brasil inteiro.

Por outro lado, ainda não sabemos se esse montante total será realmente disponibilizado para o resgate, já que o BC ainda precisa divulgar informações sobre os saques.

Banco Central alerta sobre golpes com dinheiro esquecido e SVR

Criado pelo Banco Central, o Sistema Valores a Receber é descrito por seu site oficial como “um serviço em que você pode consultar se tem dinheiro esquecido ou inesperado em algum banco, consórcio ou outra instituição financeira e, caso tenha, saber como resgatar o valor”.

É extremamente importante lembrar que a consulta aos Valores a Receber deve ser realizada, exclusivamente, no site do SVR. Atenção! Não é possível consultar os valores no site principal do BC ou em qualquer outra plataforma digital.

Em seu site oficial, o BC alerta sobre golpes digitais que utilizam expressões como “dinheiro esquecido” e “valores para receber” com o objetivo de atrair a atenção de potenciais vítimas. Veja abaixo as principais dicas para evitar os golpes:

  • Banco Central não envia links e nem entra em contato com você para tratar sobre valores a receber;
  • O Banco Central também não entra em contato para confirmar seus dados de cadastro ou inscrição
  • Ninguém (independente do quão bem intencionado pareça) está autorizado a entrar em contato com você em nome do Banco Central ou do SVR;
  • Portanto, você NUNCA deve clicar em links enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram, além de sites e plataformas divulgados em vídeos do YouTube e postagens nas redes sociais;
  • Finalmente, você NÃO deve fazer qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores. Se alguma alternativa exigir depósito para liberar os valores, fuja que é golpe!

Para você acessar o Sistema Valores a Receber, conferir os valores disponíveis e solicitar o depósito, você precisa de uma Conta Gov.br de nível prata ou ouro. Não é possível acessar o SVR com o login Registrato.

Ainda não tem conta ouro ou prata nos domínios Gov.br? Clique aqui para conferir o tutorial completo para completar seu cadastro.

De onde vêm os valores?

O dinheiro esquecido nas instituições bancárias, como citamos anteriormente, pode ter várias origens. Seja como for, todo mundo que tem valores a receber pode solicitar o resgate dos créditos, independente dos valores.

Na segunda fase do programa, provavelmente, os herdeiros de pessoas que faleceram sem receber o dinheiro esquecido, poderão sacar os valores. Essa informação, no entanto, ainda não foi confirmada oficialmente. Veja abaixo algumas das possíveis origens do dinheiro esquecido:

  • Contas-correntes já encerradas;
  • Contas poupança também já encerradas;
  • Tarifas cobradas indevidamente (desde que estejam previstas nos Termos de Compromisso assinados pelas instituições bancárias) com o BC;
  • Cotas de capital;
  • Rateio de sobras líquidas de associados de cooperativas de crédito e grupos de consórcio extintos.

Ainda na segunda fase, o SRV também deve disponibilizar valores relacionados a contas de pagamento pré-pagas e pós-pagas, encerradas com saldo disponível. Muita gente também aguarda a posição do BC em relação às contas finalizadas em corretoras e distribuidoras de títulos e valores imobiliários.

“Dos 32,3 milhões de CPFs totais com dinheiro esquecido, apenas 1,3 mil CPFs têm mais de R$ 100 mil para resgate. 90,4% das pessoas têm até R$ 100 para receber, enquanto 43% têm somente R$ 1 disponível”, disse uma especialista consultada pelo site E! Investidor.

Veja também:  É BENEFICIÁRIO do INSS? Existe uma ÓTIMA NOTÍCIA para você!

Dinheiro esquecido já está liberado? Quando posso sacar?

Infelizmente, os valores da segunda fase do SVR ainda não foram liberados pelo Banco Central. Na verdade, tudo indica que o dinheiro esquecido só poderá ser sacado em meados de 2023.

Os representantes do Banco Central e do SVR também não divulgaram uma data específica para a liberação dos valores. Vale a pena ficar de olho no site oficial para conferir as novidades.

Além de liberar os valores para saque e disponibilizar a segunda fase de consultas, o Banco Central deve divulgar outras informações importantes em breve. Veja abaixo.

  • Data de reabertura do sistema para novas consultas;
  • Data de resgate para o saldo do dinheiro esquecido;
  • Tutorial para resgate nas instituições bancárias;
  • Informações sobre valores de falecidos.

Como você já pôde perceber, ainda não é possível sacar o dinheiro esquecido da segunda fase do SVR. As consultas ao Sistema de Valores a Receber estão temporariamente suspensas para aprimoramento.

Enquanto isso, você pode conferir mais informações sobre os valores a receber no site oficial: https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/faq_valoresareceber. Fique de olho!