Devo esperar a Reforma da Previdência Social para Pedir Aposentadoria?

Esperar pela Reforma da Previdência Social pode render Aposentadoria Mais Vantajosa com Nova Regra do INSS – Entenda o que isso significa!

Reforma da Previdência Social – Esperar pela aprovação da medida pode ser sinônimo de uma aposentadoria mais vantajosa de acordo com uma nova regra do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Continue lendo e entenda o que pode mudar!

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) já afirmou que pretende aprovar a Reforma da Previdência Social já no início de seu mandato. Você sabe o que é o projeto? Trata-se de uma série de mudanças na estrutura da Previdência Social Brasileira. Como todo projeto desse porte, existe muita polêmica envolvendo a questão e muitas posições favoráveis e contrárias à implantação da Reforma. O assunto é extenso e não é o objetivo deste artigo, que apenas visa falar sobre um possível aspecto da implementação dessas mudanças. Como provavelmente a Reforma da Previdência Social será aprovada, separamos uma dica que pode ajudar alguns brasileiros. Confira em quais casos pode ser positivo esperar uma possível aprovação desse projeto para solicitar a sua aposentadoria.

Reforma da Previdência Social
Imagem: Agência Brasil / EBC (Divulgação)

Reforma da Previdência Social – Entenda quem pode se beneficiar com ela

esperar a reforma da previdência social
Imagem: Divulgação.

A aprovação do projeto mais conhecido como Reforma da Previdência Social é capaz de permitir a algumas pessoas a solicitação de uma aposentadoria mais vantajosa em razão de uma nova regra no INSS. Quem é segurado da Previdência e já tem o tempo mínimo de contribuição necessário para solicitar a aposentadoria precisa ficar de olho nas fórmulas para cálculo do benefício. De acordo com um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), na maioria das vezes é mais vantajoso esperar a nova regra que virá com a Reforma da Previdência Social do que solicitar o benefício pela regra vigente hoje em dia.

O assunto é complexo mas, para chegar à conclusão já citada, o Ipea levou em conta o projeto de reforma cujos trâmites estão ocorrendo no Congresso Nacional e fez simulações de cenários para homens e mulheres que já têm o direito à aposentadoria por tempo de contribuição. O valor da aposentadoria foi calculada com base no tempo mínimo (para diferentes idades) e com diversas médias salariais. A regra atual considera 80% do valor dos maiores salários a partir de 1994. Já com a nova regra, a média levaria em conta todos os salários desse período. Continue lendo para entender como isso ficaria na prática!

Você sabia que o INSS tem uma modalidade especial de Aposentadoria Para Pessoas Com Baixa Renda?

Simulação de Valor de Benefício se Aprovada a Reforma da Previdência Social

inss 2019
Imagem: Agência Brasil / EBC (Divulgação)

A simulação do Ipea aborda a seguinte situação: uma mulher de 48 anos, com média salarial de R$ 3.500,00 (considerando os 80% mais altos), poderá se aposentar com um valor 23% maior se esperar pela nova regra do INSS que possivelmente entrará em vigor com a Reforma da Previdência Social. Calculando pela nova regra, os pesquisadores chegaram a uma média salarial de R$ 2.975,00, com o valor final do benefício igual a R$ 2.305. Calculando pela regra vigente, entretanto, a aplicação do fator previdenciário reduziria o valor final da aposentadoria para R$ 1.879. O valor é bastante expressivo!

Veja mais informações e acesse a simulação para homens no site da Previdência Social: http://bit.ly/2QYi1xQ 

Aproveite e saiba mais sobre Contribuições do INSS Não Adicionadas à Carteira de Trabalho!

 

Leia Também