Entenda POR QUE os brasileiros estão ficando em CHOQUE depois de desligar o Wi-Fi para dormir

Ficar no Wi-Fi na hora de dormir é algo muito costumeiro para os brasileiros. Entretanto, desligá-lo neste momento pode trazer benefícios.

Você já pensou no impacto que o Wi-Fi pode ter na sua qualidade de sono e, por extensão, na sua produtividade? Pois é, muita gente sequer imaginava isso!

Desligar o Wi-Fi antes de ir para a cama pode parecer um pequeno gesto, mas muitos ficam surpresos com as mudanças positivas que essa ação simples pode trazer. Confira a seguir!

Você já pensou em desligar o Wi-Fi na hora de dormir? Esses benefícios podem te fazer pensar nisso!
Você já pensou em desligar o Wi-Fi na hora de dormir? Esses benefícios podem te fazer pensar nisso! / Foto: divulgação

Desligar o Wi-Fi para dormir melhora o sono

O primeiro e mais evidente benefício de desligar o Wi-Fi à noite é a melhoria na qualidade do sono. Sem o Wi-Fi, a tendência é que deixemos os dispositivos eletrônicos de lado, reduzindo a exposição à luz azul emitida por telas.

Essa luz é conhecida por suprimir a produção de melatonina, o hormônio que regula nosso ciclo de sono-vigília. Portanto, ao diminuir a exposição a essa luz antes de dormir, promovemos um ambiente mais propício ao sono reparador.

Redução da ansiedade por notificações

Outro aspecto significativo é a redução da ansiedade gerada pelas constantes notificações. Nosso sono pode ser interrompido ou mesmo dificultado pelo som de mensagens chegando ou por saber que há informações ou interações pendentes nos nossos dispositivos.

Ao desligar o Wi-Fi, minimizamos essas interrupções, contribuindo para um ambiente mais tranquilo e relaxante, essencial para uma noite de sono restauradora.

Dicas para um sono melhor

Além de desligar o Wi-Fi, existem outras práticas que podem auxiliar na conquista de uma noite de sono mais profunda e revigorante:

  • Modo noturno nos dispositivos: ative o filtro de luz azul disponível na maioria dos smartphones e tablets. Essa configuração reduz a quantidade de luz azul emitida, diminuindo seu impacto na produção de melatonina;
  • Atividades relaxantes: se você tem dificuldade para adormecer, considere incorporar à sua rotina noturna atividades que promovam o relaxamento, como ler um livro, meditar ou ouvir músicas calmas;
  • Ambiente convidativo ao sono: mantenha seu quarto confortável, silencioso e na temperatura ideal para dormir. Isso pode significar ajustar a iluminação, usar um umidificador de ar se o ambiente for muito seco, ou investir em um bom colchão e travesseiros.

Fique por dentro: Vídeo viral o TikTok ensina truque para carregar o celular e a bateria durar muito mais

Malefícios de dormir mal

Em síntese, dormir mal a curto prazo pode resultar em cansaço, falta de concentração, irritabilidade e redução da capacidade cognitiva, afetando o desempenho no trabalho ou estudos.

A privação de sono também prejudica o sistema imunológico, tornando o corpo mais suscetível a infecções.

A longo prazo, a falta de sono adequado está associada a problemas de saúde mais graves, como obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardíacas e hipertensão.

Além disso, distúrbios do sono podem levar a problemas de saúde mental, como depressão e ansiedade. O sono insuficiente também está relacionado à diminuição da expectativa de vida. Portanto, garantir uma boa noite de descanso é essencial para a manutenção da saúde física e mental.

Desligue o Wi-Fi para dormir e faça o teste!

Desligar o Wi-Fi antes de dormir é uma pequena mudança de hábito que pode ter um grande impacto na qualidade do seu sono e, consequentemente, na sua saúde e bem-estar geral.

Experimente essa prática e observe as melhorias não só nas suas noites, mas também na sua energia e produtividade durante o dia. Lembre-se: uma boa noite de sono é fundamental para encararmos os desafios diários com o melhor de nós.

Confira mais notícias: Entrou no VERMELHO? Veja como fazer seu dinheiro RENDER neste ano para se recuperar financeiramente!