Depois de saber ISSO, você nunca mais vai sair de casa sem desligar o Wi-Fi do seu celular

Manter o Wi-Fi do celular ligado ao sair pode parecer prático, mas esconde riscos de segurança e consumo desnecessário de bateria. Aprenda por que é hora de mudar esse hábito.

Na era digital, a conectividade constante tornou-se uma extensão de nossas vidas, mas com grandes poderes vêm grandes responsabilidades.Um hábito aparentemente inofensivo, como deixar o Wi-Fi do celular ativado ao sair de casa, pode expor os usuários a riscos não tão óbvios.

Especialistas recomendam desativar o Wi-Fi do dispositivo móvel quando fora de ambientes seguros e confiáveis. Essa prática simples pode mitigar vulnerabilidades e otimizar o desempenho do dispositivo.

Depois de saber ISSO, você nunca mais vai sair de casa sem desligar o Wi-Fi do seu celular
Veja o que acontece se desligar o Wi-fi do celular.Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

O porque não é indicado deixar o Wi-fi ligado do celular?

O Wi-Fi transformou a maneira como nos conectamos à internet, mas essa conveniência pode se tornar uma faca de dois gumes quando não utilizada de maneira consciente.

Deixar o Wi-Fi do celular ligado ao sair de casa instiga o dispositivo a buscar constantemente por redes disponíveis, um convite aberto a riscos de segurança, consumo excessivo de bateria e impacto no desempenho do aparelho.

  • Segurança de Dados: A busca incessante por conexões Wi-Fi pode conectar seu celular a redes maliciosas sem seu conhecimento. Criminosos cibernético criam redes Wi-Fi públicas falsas para capturar dados pessoais e disseminar malware.
  • Economia de Bateria: O escaneamento constante por redes Wi-Fi acessíveis drena a bateria do celular, pois o dispositivo mantém o receptor Wi-Fi ativo mesmo quando fora do alcance de redes conhecidas. Ao desligar o Wi-Fi, o consumo de energia é reduzido.
  • Desempenho do Dispositivo: O processo de busca por redes Wi-Fi não apenas afeta a bateria, mas pode também impactar o desempenho geral do celular. Isso ocorre porque o dispositivo aloca recursos para manter o escaneamento ativo.

Embora o Wi-Fi seja uma ferramenta indispensável no acesso à internet, seu uso deve ser feito de forma inteligente e segura.

Veja também: Entenda POR QUE os brasileiros estão ficando em CHOQUE depois de desligar o Wi-Fi para dormir

Como posso proteger minha privacidade ao usar redes Wi-Fi públicas?

Proteger sua privacidade ao usar redes Wi-Fi públicas é crucial, pois essas redes podem ser menos seguras e mais suscetíveis a ataques cibernéticos. Aqui estão algumas dicas para manter suas informações pessoais protegidas:

  1. Use uma VPN (Rede Privada Virtual): Uma VPN cria um túnel seguro entre o seu dispositivo e a internet, criptografando seus dados. Isso torna muito mais difícil para os hackers interceptarem e lerem suas informações.
  2. Evite Acessar Informações Sensíveis: Evite realizar operações bancárias, compras online ou qualquer atividade que exija o fornecimento de informações pessoais ou financeiras sensíveis quando estiver conectado a uma rede Wi-Fi pública.
  3. Desative o Compartilhamento Automático: Nas configurações do seu dispositivo, desative o compartilhamento automático de arquivos, impressoras e mídia. Isso impede o acesso não autorizado aos seus arquivos por outros usuários na mesma rede.
  4. Mantenha o Firewall Ativado: O firewall ajuda a proteger seu dispositivo contra acessos não autorizados. Certifique-se de que está ativado, especialmente quando estiver usando redes públicas.
  5. Use HTTPS: Certifique-se de que os sites que você visita usam HTTPS, indicado por um cadeado na barra de endereço do navegador. O HTTPS criptografa a comunicação entre o seu navegador e o site, protegendo suas informações de serem interceptadas.
  6. Desconecte-se Após o Uso: Depois de terminar sua atividade online, desconecte-se da rede Wi-Fi pública e esqueça a rede no seu dispositivo para evitar conexões automáticas futuras.
  7. Mantenha o Software Atualizado: Certifique-se de que o sistema operacional e os aplicativos do seu dispositivo estão atualizados com as últimas versões de segurança para proteger contra vulnerabilidades conhecidas.
  8. Ative a Autenticação de Dois Fatores: Para contas importantes, ative a autenticação de dois fatores, o que adiciona uma camada extra de segurança ao exigir uma segunda forma de verificação além da senha.
  9. Seja Cauteloso com Redes Wi-Fi Gratuitas: Tenha cuidado especial com redes Wi-Fi que não requerem senha para acesso, pois são mais vulneráveis a atividades maliciosas.

Veja também: 5 lugares onde você NÃO pode colocar seu roteador Wi-Fi

Posso ser rastreado através do Wi-Fi do meu celular?

Sim, é possível ser rastreado através do Wi-Fi do seu celular. Os dispositivos móveis, quando têm o Wi-Fi ativado, constantemente procuram e se conectam a redes disponíveis.

Durante esse processo, eles enviam informações que podem incluir o endereço MAC do dispositivo, um identificador único atribuído ao hardware do seu celular. Essas informações podem ser capturadas por redes Wi-Fi ou dispositivos de rastreamento, permitindo que sua localização seja estimada.

Além disso, muitos serviços e aplicativos utilizam a localização via Wi-Fi para oferecer funcionalidades baseadas na posição geográfica do usuário, como mapas, recomendações de lugares próximos e anúncios personalizados.

Embora isso possa melhorar a experiência do usuário em vários serviços, também significa que sua localização pode ser compartilhada com terceiros.

Para minimizar o rastreamento via Wi-Fi, considere as seguintes ações:

  1. Desative o Wi-Fi quando não estiver usando: Desligar o Wi-Fi do seu celular quando você não precisa se conectar a uma rede pode prevenir o rastreamento indesejado.
  2. Desligue a configuração de localização baseada em Wi-Fi: Nos ajustes de localização do seu dispositivo, você pode escolher desativar a opção que permite estimar sua localização usando Wi-Fi, mesmo quando o Wi-Fi está desligado.
  3. Use uma VPN: Uma VPN (Rede Privada Virtual) pode ajudar a ocultar sua atividade online e localização ao criptografar sua conexão de internet.
  4. Revise as permissões de aplicativos: Verifique quais aplicativos têm permissão para acessar sua localização e ajuste essas permissões conforme necessário. Desative o acesso à localização para aplicativos que não precisam dessa informação para funcionar corretamente.
  5. Ative o modo avião em locais sensíveis: Se você estiver em um local onde a privacidade é especialmente importante, considere colocar seu dispositivo em modo avião, o que desativa todas as transmissões sem fio, incluindo Wi-Fi.

Veja também: 6 coisas que o seu Wi-Fi pode fazer e você NÃO sabia