Demitidos durante a pandemia podem sacar benefícios do FGTS: Saiba quais!

Vinicius Colares
Atualizado Hoje!

Demitidos durante a pandemia podem sacar benefícios do FGTS – Confira mais detalhes sobre quais são os auxílios disponíveis para quem contou com uma demissão neste momento!

Muitos especialistas já estão falando em crise econômica já que o mundo todo está passando por muitas dificuldades graças ao novo coronavírus. E é nesse cenário que muitas pessoas estão entre o grupo de demitidos durante a pandemia e são esses que devem saber que podem fazer o saque de benefícios do FGTS

É justamente para isso que existe o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço, para apoiar o trabalhador com uma renda a mais pela sua contribuição. Então é importante ficar atento para conseguir ter em mãos todos os valores que são seu direito nesse momento. 

A seguir vamos falar um pouco sobre os principais saques disponíveis. Confira e se mantenha informado para conseguir garantir uma renda mais interessante mesmo se passar por um processo de demissão. 

Demitidos durante a pandemia podem sacar benefícios do FGTS
Foto: Adriana Toffetti/A7 Press/Folhapress

Benefícios do FGTS para quem foi demitido

Primeiramente, de acordo com as novas regras, existem benefícios do FGTS para quem foi demitido? Sim! E esse pode ser um apoio interessante em um momento de tantas dificuldades financeiras. 

No início da segunda semana de maio foi confirmado que os pedidos de seguro-desemprego no Brasil cresceu em um total de 22,1% em abril (em comparação com abril de 2019). Isso indica, evidentemente, que um número maior de demissões está acontecendo. 

Percebendo o cenário, a Caixa Econômica Federal já informou que irá liberar os saques do FGTS. Os empregados que forem demitidos, portanto, poderão verificar o saldo da sua conta e quem sabe sacar o benefício. 

Em um momento de pandemia e crise econômica foi definida a facilitação dos saques em algumas situações específicas. 

Saiba como consultar o Saldo do FGTS 2020!

Saque do FGTS para demissão por força maior 

Foi facilitado inclusive o saque do FGTS para quem foi demitido por força maior. Essa modalidade de desligamento acontece, de acordo com a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), quando as empresas não aguentam e precisam fechar. 

Nesse caso, em geral, era necessário que os trabalhadores aguardassem decisão judicial sobre a situação para receber o auxílio. De acordo com o Governo, agora os empregados poderão receber o FGTS sem decisão judicial, mais rapidamente. 

É importante lembrar que mesmo que o empregado não precise ir à Justiça para garantir os seu Fundo de Garantia, a empresa que demitiu deve fazer o aval da demissão por força maior (ou em caso de culpa recíproca). A decisão pode ser cobrada do empregador. 

Quais benefícios do FGTS disponíveis para quem foi demitido

E quais são os benefícios do FGTS disponíveis para quem foi demitido por força maior ou culpa recíproca? Esses trabalhadores devem ficar ligados para poder contar com esses valores adicionais. 

Os profissionais demitidos terão direito a:

  • Fazer o saque do saldo completo do FGTS que foi acumulado durante o seu período na empresa; 
  • Sacar também a multa rescisória que é de 40% do Fundo de Garantia que foi recolhido nesse período de trabalho; 
  • Optar pelo saque-aniversário do FGTS: nesse caso, porém, os saques são anuais e quem foi demitido a partir de janeiro/20 só pode sacar a multa rescisória. 

Saque FGTS para quem foi demitido

Por fim, a recomendação da Caixa Econômica Federal para o saque do FGTS para quem foi demitido é a mesma para quem ainda está trabalhando. A melhor opção é fazer o pedido usando alguma das tecnologias disponíveis. 

O aplicativo FGTS (para Android ou iOS) pode ser baixado de forma totalmente gratuita. O trabalhador neste caso poderá indicar uma conta de qualquer banco para receber os valores em até cinco dia. 

Isso se os pedidos forem de acordo com o calendário FGTS 2020, é claro. As datas para os próximos saques já foram disponibilizadas e começam no dia 15 de junho. Fique ligado para detalhes da liberação no site: https://pronatec.pro.br/prazo-para-liberacao-do-fgts-emergencial/

 

Leia Também