Curso Técnico em Segurança do Trabalho Pronatec 2015

O curso de técnico em Segurança do Trabalho é uma ótima oportunidade para as pessoas que desejam conquistar um cargo bem remunerado e se destacar no mercado. Até pouco tempo atrás, era preciso prestar uma prova para conseguir vaga gratuita ou pagar as mensalidades de uma instituição privada. No entanto, essa realidade mudou graças ao Pronatec.

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) é uma iniciativa do Governo Federal que amplia o acesso à educação profissional e tecnológica em todo país. O objetivo consiste em ofertar vagas para cursos gratuitos de qualificação e habilitação técnica, em parceria com instituições públicas e privadas.

www.pronatec.pro.br

Sobre o curso de técnico em Segurança do Trabalho

Técnico em Segurança do Trabalho se destaca como um dos cursos mais procurados do Pronatec. Com uma carga horária mínima de 1200 horas, a formação desenvolve competências para trabalhar em empresas comerciais e industriais. Os alunos adquirem conhecimentos sobre diversos temas, como legislação, prevenção e controle de riscos, tecnologias de prevenção, ergonomia, doenças ocupacionais, entre outros.

O técnico em Segurança do Trabalho, formado através do Pronatec, tem condições de atuar em ações prevencionistas. Os seus conhecimentos também são usados para avaliar os riscos ambientais e implantar medidas de segurança.

www.pronatec.pro.br

Diversas atividades são designadas ao técnico em Segurança do Trabalho, como a inspeção dos equipamentos de segurança e do ambiente profissional. Esse profissional também orienta os trabalhadores, desenvolve programas de treinamento e analisa as causas de acidentes.

De acordo com o site de empregos Catho, a média salarial nacional do técnico em segurança do trabalho é de R$ 2.479,66. Ou seja, esse profissional chega a faturar muito mais do que determinadas cargos de nível superior.

Onde fazer Segurança do Trabalho pelo Pronatec?

O curso de Segurança do Trabalho Pronatec 2015 é oferecido por instituições públicas e privadas. Confira informações sobre as principais delas:

SENAC

O SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) habilita profissionais para trabalhar com a prevenção de acidentes nas empresas. O curso apresenta conteúdo teórico, mas tem as atividades práticas como principal aposta.

SENAI

O SENAI oferece um curso de técnico em segurança do trabalho perfeito para quem tem a intenção de construir carreira na indústria. Após a formação, os alunos encontram emprego em diferentes segmentos industriais.

UNIP

A UNIP, uma das universidades mais conhecidas do país, também oferece vagas para o curso de técnico em segurança do trabalho no âmbito do Pronatec. As aulas acontecem nas principais unidades da instituição.

Estácio de Sá

A Estácio de Sá se destaca como mais uma parceira do programa do governo. Presente em vários estados do país, a universidade oferece o curso técnico com duração de um ano e meio.

Cruzeiro do Sul

A Cruzeiro do Sul oferece vários cursos técnicos através do Pronatec, como é o caso da habilitação técnica em segurança do trabalho. Os alunos contam com toda estrutura universitária e desfrutam de uma formação 100% gratuita.

UNINOVE

A UNINOVE, assim como as instituições já mencionadas, reserva vagas gratuitas por meio do Pronatec.

Inscrições Segurança do Trabalho Pronatec

As oportunidades para o curso gratuito de técnico em Segurança do Trabalho são distribuídas através do Sisutec 2015. O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica é uma plataforma desenvolvida pelo MEC, que abre inscrições duas vezes ao ano. O processo seletivo é realizado conforme as notas obtidas na edição mais recente do Enem.

www.pronatec.pro.br

Em 2015, o Sisutec receberá inscrições entre 24 e 27 de março. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 1º de abril. A segunda chamada do processo seletivo será publicada no dia 10 de abril. De 22 de abril a 7 de maio, as pessoas poderão manifestar interesse pelas vagas remanescentes.

Confira as inscrições curso técnico de segurança do trabalho 2017.