CUIDADO: Bolsa Família pode bloquear as parcelas em dezembro por conta DISTO

Brasileiros podem ficar sem receber o Bolsa Família devido à motivos específicos. Saiba do que se trata e fique atento aos detalhes para continuar recebendo os pagamentos do programa social.

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS) anunciou novidades importantes para com o programa Bolsa Família. Basicamente, a pasta responsável pelos benefícios sociais do Governo Federal alertou que as famílias que não estiverem cumprindo as Regras Condicionais do Bolsa Família poderão ter o benefício bloqueado em dezembro. Mais detalhes você confere a seguir. Acompanhe!

Veja o calendário completo da última transferência de 2023. (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br).

Regras Condicionais do Bolsa Família: conheça as exigências do Governo Federal para com o programa social

Em síntese, as Regras Condicionais do Bolsa Família são um conjunto de exigências que buscam garantir que crianças e adolescentes tenham acesso à saúde e à educação. Nesse sentido, o encarregado da família deve assegurar que crianças de 4 a 5 anos mantenham uma frequência escolar mínima de 60%; para crianças e adolescentes de 6 a 18 anos, a frequência escolar mínima é de 75%.

Além disso, é dever do responsável familiar realizar o acompanhamento nutricional, monitorando o peso e altura das crianças com até 6 anos. Também é preciso que a carteira de vacinação de toda a família seja mantida atualizada, e gestantes devem realizar o acompanhamento pré-natal.

Veja também: Descubra quem pode ser afetado pelo pente-fino do Bolsa Família no final do ano

Quanto tempo, de fato, uma família pode ficar bloqueada?

A saber, as famílias podem ficar bloqueadas por até 60 dias, sem direito às parcelas retroativas. Aqueles que não voltarem a cumprir as exigências terão o Bolsa Família cancelado, isto é, perderão o acesso definitivo ao programa de transferência de renda.

Calendário completo do Bolsa Família: veja o cronograma definido para dezembro

Apesar das restrições, a Caixa Econômica Federal (CEF) oficializou o pagamento do Bolsa Família referente ao mês de dezembro. Inclusive, a instituição financeira anunciou uma antecipação do pagamento, programado para iniciar em 11 de dezembro. A princípio, essa medida visa assegurar que todas as famílias beneficiárias recebam o auxílio antes das celebrações de fim de ano.

Assim como nos meses anteriores, em dezembro, o calendário do Bolsa Família levará em consideração o último dígito do número de identificação social (NIS) do Responsável Familiar ou Legal, com os valores sendo depositados na conta digital do Caixa Tem, disponível para Android e iOS. A seguir, veja o calendário completo:

  • NIS final 1: 11 de dezembro (antecipado para o sábado, 09);
  • NIS final 2: 12 de dezembro;
  • NIS final 3: 13 de dezembro;
  • NIS final 4: 14 de dezembro;
  • NIS final 5: 15 de dezembro;
  • NIS final 6: 18 de dezembro (antecipado para o sábado, 16);
  • NIS final 7: 19 de dezembro;
  • NIS final 8: 20 de dezembro;
  • NIS final 9: 21 de dezembro;
  • NIS final 0: 22 de dezembro.

Afinal, como sacar o Bolsa Família?

Por fim, para ter acesso aos valores, o beneficiário continua tendo as seguintes vias:

  • Aplicativo Caixa Tem:
    • Android: https://curtlink.com/krU5hPs
    • iPhone (iOS): https://curtlink.com/E6ae
  • Agências da Caixa Econômica Federal;
  • Casas Lotéricas; ou
  • Caixas eletrônicos com os cartões do programa.  

Veja também: Beneficiários do Bolsa Família precisam renovar o cadastro para continuar recebendo em 2024?