- Publicidade -

Consignado pelo AUXÍLIO BRASIL: tudo o que você precisa saber antes de realizar o empréstimo

Confira se vale a pena contratar o serviço 

0

O Auxílio Brasil surgiu em 2020 por conta da pandemia. O programa que substitui o Bolsa Família pagava, inicialmente, R$ 600,00 mensais a seus beneficiários. Contudo, com o passar do tempo esse valor diminuiu. Até que neste ano, a Câmara propôs a volta do pagamento de  R$ 600,00.

- Publicidade -

Assim, o Governo Federal aprovou a chamada PEC dos Benefícios, que além de aumentar o valor no auxílio, distribui vouchers para caminhoneiros e taxistas.

Além disso, o presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou uma lei que permite a contratação de consignado pelo Auxílio Brasil. Ou seja, quem recebe o benefício poderá pedir empréstimos ao banco e ter um valor do pagamento descontado mensalmente. Contudo, nem todos os bancos querem liberar o crédito. Saiba mais lendo esta matéria. 

Consignado-pelo-AUXÍLIO-BRASIL
Tudo que você precisa saber antes de solicitar um consignado pelo Auxílio Brasil / Foto: divulgação

Quais bancos vão liberar o crédito para consignado pelo Auxílio Brasil 

- Publicidade -

Embora Bolsonaro tenha aprovado o consignado pelo Auxílio Brasil no dia 4, ainda não há regulamentação para o serviço. Além do mais, existem instituições financeiras receosas em liberar o crédito, uma vez que o valor de R$ 600, dura apenas até o final do ano. O setor bancário teme um possível endividamento da população. Mesmo assim, existem lugares que já se manifestaram a favor do serviço.

Dessa forma, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil já disseram que vão oferecer consignado pelo Auxílio Brasil.  Além desses, o Pan Safra e Facta Financeira também irão liberar os créditos. Inclusive, ambas as instituições começaram a fazer anúncios com simuladores.

Enquanto isso, Itaú, Santander e Bradesco anunciaram que não aprovaram o consignado. Na teoria, as instituições já podem oferecer o empréstimo e os clientes, solicitá-lo. Contudo, a maioria dos bancos aguarda uma regulamentação. 

Veja também: Melhores 5 aplicativos para ECONOMIZAR muito dinheiro por ano; surpreendente!

- Publicidade -

Confira as regras para ter acesso ao serviço

Diante disso, o Governo Federal estipulou algumas regras para a contratação de consignado pelo Auxílio Brasil. A primeira delas diz respeito ao valor das parcelas. De acordo com a lei, o valor do desconto no pagamento não deve ultrapassar 40%. Assim, se o cliente recebe R$ 600,00 de auxílio e contrata o empréstimo, R$ 240,00 de sua renda estará comprometida para pagá-lo. Além disso, pessoas jurídicas cadastradas como Micro Empreendedor Individual (MEI) poderão contratar o serviço através do Programa de Simplificação do Microcrédito Digital para Empreendedores. Com isso, as famílias poderão pedir empréstimos para investir na área do empreendedorismo. 

Veja também: MEI pode solicitar até R$ 20.000 de empréstimo desta forma

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais