Saiba QUANDO o WhatsApp passará a COBRAR pelo uso do aplicativo; confira como isso ocorrerá

Entenda a novidade do aplicativo

Atualmente, o WhatsApp é uma das redes sociais mais utilizadas do Brasil e do mundo. Possivelmente, você também possui uma conta na plataforma. Esse sucesso pode ser dado pela facilidade de comunicação, onde utilizando apenas um dispositivo com acesso à internet, é possível entrar em contato com qualquer pessoa do mundo, independente do lugar que ela esteja.

Acontece, portanto, que em meio ao constante crescimento do WhatsApp, uma questão está tirando o sono dos usuários. Trata-se da possibilidade de que o aplicativo seja pago. Isso porque, atualmente, todos os recursos do WhatsApp, são completamente gratuitos. Portanto, vale a pena entender o que a empresa responsável pela plataforma, anunciou.

Quando o WhatsApp passará a cobrar
Regras de uso do aplicativo / Imagem: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Recursos do WhatsApp

Antes de mais nada, para averiguar a possibilidade de que o aplicativo se torne pago, é necessário entender quais são os principais recursos disponíveis na plataforma. Bem, como mencionado anteriormente, o WhatsApp é uma das redes sociais mais utilizadas no Brasil. Ao todo, são cerca de 120 milhões de contas ativas no aplicativo, somente no país.

Isso pode ser justificado, considerando que agora, o WhatsApp também é uma forma de trabalho presente na rotina de parte dos brasileiros. Isto é, a rede que antes era utilizada apenas para lazer, agora é uma facilitadora de vidas, considerando o mercado de trabalho. Ou seja, diversas empresas se interessam pela plataforma, considerando as diversas possibilidades.

Um dos recursos mais famosos da plataforma, é o WhatsApp Business. Trata-se do mesmo aplicativo, porém, com funções direcionadas para os meios de trabalho. Através das ferramentas, é possível criar catálogos de compras, indiciar o horário de funcionamento, programar mensanges automáticas, entre diversas outras. A novidade, portanto, é justamente em torno do Business.

Veja também: NOVA função de personalização do WhatsApp; usuários certamente vão AMAR

Aplicativo vai ser pago?

Bem, antecipadamente, a resposta é sim. Melhor dizendo, os usuários não precisarão pagar para enviar mensagens, fotos, realizar ligações, entre diversas outras coisas. Além disso, as contas no aplicativo também continuarão gratuitas. Acontece, portanto, que a novidade da cobrança, é justamente em virtude do WhatsApp Business, considerando suas funções.

De acordo com a Meta, empresa responsável pela plataforma, os usuários precisarão pagar para utilizar recursos específicos da modalidade Business. Como por exemplo, a versão premium irá permitir que os usuários utilizem a mesma conta, em diversos dispositivo, de forma silmutânea. Ao que tudo indica, isso será possível em 10 dispositivos, ao mesmo tempo.

Além disso, as empresas que optarem por utilizar a versão premium, poderão criar uma um endereço url, contendo o nome e o link direto para que os clientes entrem em contato com a conta em questão. Ademais, até o momento, não existe nenhum valor definido para o aplicativo, mas estima-se que o preço deve ser completamente acessível. Por fim, diversos usuários já demonstraram interesse na modalidade premium, que ainda não tem data prevista para lançamento, considerando a fase de testes, mas acredita-se que não deve demorar muito.

Veja também: Saiba como FECHAR o WhatsApp REMOTAMENTE e evitar que vejam suas conversas