Como usar as Notas do Enem para Estudar no Exterior

Como usar as Notas do Enem para Estudar no Exterior – Confira como estudar fora do País usando as notas do Exame Nacional do Ensino Médio!

Você sabia que pode estudar fora do país usando as notas do Exame Nacional do Ensino Médio? Confira todos os detalhes!

Com a recente crise econômica e política muitos brasileiros estão pensando em estudar fora do país para garantir melhor experiência e ter contato com culturas estrangeiras que poderão acrescentar no currículo. Para isso, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderá ser uma boa ferramenta.

Muitas pessoas ainda não sabem, mas é possível usar as notas do Enem para conquistar um espaço em uma instituição de ensino superior não apenas no Brasil, mas fora do país também. Por isso é interessante ficar atento.

Como usar as Notas do Enem para Estudar no Exterior
Foto: Ricardo Matsukawa/VEJA

Usar Notas do Enem para Estudar no Exterior

Usar Notas do Enem para Estudar no Exterior
Foto: DIvulgação

Mas afinal, como é possível usar notas do Enem para Estudar no Exterior? O Exame Nacional do Ensino Médio possui convênio com universidades e instituições de ensino fora do país há bastante tanto.

Portugal está em primeiro lugar com número de universidades que aceitam o Enem fora do país. Em 2014 a Universidade de Coimbra foi a primeira instituição estrangeira a usar o exame como forma de seleção e, depois disso, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) passou a firmar acordos de cooperação com outros países.

De acordo com o Ministério da Educação, são 35 instituições de Portugal que adotaram o Enem. São mais de 1,2 mil brasileiros aprovados usando as notas do exame. Cada universidade define as notas de corte e detalhes sobre o acesso aos cursos.

É importante lembrar que o MEC só possui convênio oficial com Portugal, mas outros países usam as notas do Enem em seus processos de seleção: é o caso da França, Reino Unido, Irlanda e Canadá, por exemplo.

Estudar no Exterior com Enem

Estudar no Exterior com Enem
Foto: Divulgação

Ou seja, estudar no Exterior com Enem não é tão difícil como parece. Inclusive os processos de seleção não exigem notas tão altas quanto a maior parte das pessoas imagina que acontece – por serem instituições de fora do país.

É importante, porém, que todos os candidatos que pretendem usar o Exame Nacional do Ensino Médio fiquem atentos aos prazos e às documentações exigidas – que costumam ser diferentes no Brasil. Algumas instituições também pedem documentos extra como cartas de recomendação, exames de proficiência (geralmente em inglês) e redações.

Saiba mais sobre os Locais de Prova Enem 2018!

 

Leia Também