Governo Federal: Como receber a compensação salarial de até R$ 1,8 mil? Complemente a sua RENDA!

Vinicius ColaresVinicius Colares
Atualizado Hoje!

Governo Federal: Como receber a compensação salarial de até R$ 1,8 mil? – Saiba como trabalhadores estão podendo complementar sua renda com esses valores em meio à crise!

Agora é o momento em que trabalhadores e trabalhadoras devem ficar muito atentos para os benefícios que possuem direito. É por isso que é importante entender exatamente como funciona a compensação salarial que terá em média o valor de R$ 752,44. 

Essa crise financeira graças à pandemia do Covid-19 está afetando financeiramente tanto os empregadores como os empregados. É por isso que medidas estão sendo tomadas para que sejam diminuídas as demissões. 

Confira a seguir em quais situações os brasileiros de todas as regiões do país poderão contar com esse complemento. Entenda e saiba exatamente como deverá essa ajuda para quem não está trabalhando normalmente. 

 

Como receber a compensação salarial de até R$ 1,8 mil?
Imagem: Marcelo Casal JR/Divulgação

Complemento de Renda para Contrato Suspenso

Primeiramente, você sabia que existe esse complemento de renda para quem teve contrato suspenso? Todos os trabalhadores que contarem com um acordo com os seus chefes poderão ter essa compensação. 

Isso serve tanto para quem contou com redução de salário e jornada como para quem teve o contrato suspenso. De acordo com o Ministério da Economia, essas pessoas receberão uma média mensal de R$ 752,44. Mas os casos devem ser analisados isoladamente, não existe um valor fixo. 

De acordo com números divulgados, mais de 5,4 milhões de empregados já assinaram acordos. Isso quer dizer que todos esses vão receber o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (Auxílio BEm Governo Federal). 

Pagamento da Compensação Salarial BEm

O pagamento da compensação salarial (BEm) já começou a ser liberado. No primeiro dia, de acordo com o Governo, foram pagos os auxílios para mais de um milhão de brasileiros. Eles receberam valores que variam com o seu acordo. 

O valor mínimo do BEm é de R$ 261,25; já o valor máximo da compensação salarial é de R$ 1.813,00. De acordo com os números disponibilizados pelo Ministério da Economia serão pagos um total de R$ 9,9 bilhões. 

É importante lembrar que a redução de jornada e de salário poderá valer por um período máximo de três meses. Já a suspensão do contrato dos trabalhadores só pode acontecer por um prazo de 60 dias. 

Essa foi a forma que o Governo encontrou para garantir algum tipo de estabilidade para os trabalhadores neste período de crise do novo coronavírus. 

Como receber compensação salarial de acordo

Por fim, como faço para receber a compensação salarial vinda de um acordo de contrato suspenso ou redução de jornada? O primeiro que você precisa saber é que não é necessária uma solicitação da sua parte. Quem é OBRIGADO a fazer isso em caso de acordo é o próprio empregador. 

O que os trabalhadores podem fazer, porém, é acompanhar o pagamento do BEm. Esse acompanhamento pode ser feito através da Carteira de Trabalho Digital usando os próprios dados do titular. 

Se ainda está com dúvidas sobre o Benefício Emergencial BEm acesse o site e saiba tudo: https://pronatec.pro.br/beneficio-emergencial-bem/

 

Leia Também