- Publicidade -

Como consultar e sacar o PIS/Pasep Esquecido em 2022? Mais de 10 milhões de brasileiros não resgataram as cotas – Veja o que fazer

Os valores não sacados correspondem aos vínculos empregatícios entre os anos de 1971 a outubro de 1988.

0

Segundo informações da Caixa Econômica Federal, mais de R$ 23,5 bilhões do PIS/PASEP não foram sacados por 10,6 milhões de beneficiários.

- Publicidade -

Os valores não sacados correspondem aos vínculos empregatícios entre os anos de 1971 a outubro de 1988.

Dessa forma, todos os brasileiros que trabalharam neste período de carteira assinada devem verificar junto ao Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal se existem cotas disponíveis para serem resgatadas.  Se houver cota, poderá imediatamente realizar o saque por meio do aplicativo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

Contudo, as cotas esquecidas também podem ser sacadas pelos herdeiros.

De todo modo, é necessário ressaltar que há prazo para o saque e se não for feito, já tem destino certo:  Os cofres públicos.

- Publicidade -

Como consultar e sacar o PIS/Pasep Esquecido em 2022? Mais de 10 milhões de brasileiros não resgataram as cotas - Veja o que fazer
Milhares de brasileiros não fizeram o saque das cotas. Imagem: Agência Brasil

Como consultar e sacar o PIS/Pasep Esquecido em 2022? Mais de 10 milhões de brasileiros não resgataram as cotas – Veja o que fazer

O saque das cotas do PIS/PASEP devem sacadas até o dia 1º de junho de 2025 e é liberado em até 5 dias corridos.

Dessa forma, o herdeiro ou o trabalhador deverá aguardar o calendário seguinte de pagamentos para que possa movimentar o valor esquecido.

- Publicidade -

Conforme a Resolução 896 do Codefat, os pagamentos serão realizados no decorrer deste ano, já que há a estimativa que recebam por meio do saque-aniversário.  De todo modo, em breve, o Codefat divulgará as datas de pagamento.

No que tange ao saque por herdeiros, será necessário o comparecimento em uma das agências da Caixa Econômica Federal, caso seja PIS, mas se for PASEP, deverá comparecer no Banco do Brasil com os seguintes documentos:

  • Número do PIS/PASEP/NIS do falecido;
  • Identidade do herdeiro;
  • Carteira de trabalho do falecido;
  • Declaração de dependentes habilitados à pensão.
  • Certidão de nascimento ou RG e CPF para o dependente, se menor;

Para saber o saldo, o interessado pode dirigir-se ao Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal, assim como também pelo aplicativo do FGTS.

- Publicidade -

Veja também:  Consulta e acesso ao Saque do FGTS em Janeiro: Veja como consultar pelo App Caixa

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais