Talvez você não saiba, mas colocar ISSO no micro-ondas pode ser muito PERIGOSO

De acordo com um novo estudo, certos tipos de materiais não devem ser usados no micro-ondas. Entenda quais são os riscos à saúde.

O micro-ondas é um dos utensílios domésticos mais utilizados. Afinal de contas, representa muita praticidade ao usuário. Embora grande parte das pessoas pensem que a máquina serve, apenas, para esquentar comida, existem uma série de outras utilidades. Muitas delas vão além do descongelamento de carnes. É possível, por exemplo, preparar alimentos já congelados, fazer receitas inteiras na máquina, entre outros.

Sem usar o forno convencional, é possível colocar uma série de alimentos no micro-ondas, criando uma série de receitas mirabolantes. Mas, existe uma coisa que jamais deve ser esquentada nesse tipo de forno. A prática representa risco à saúde, além de aumentar as chances de acidente. Continue lendo esta matéria para saber o que não pode ser colocado no eletrodoméstico.

micro-ondas-A
Jamais coloque isso no micro-ondas – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Você já colocou este item no micro-ondas? Cuidado, prática pode colocar sua saúde em risco 

Para a surpresa de muitos, o item que não pode ser levado ao micro-ondas não é um alimento. Trata-se, na verdade, de algo que usamos para armazenar a comida: potes plásticos. É comum guardar restos de alimentos nesses objetos. Outras pessoas preferem preparar toda a comida em um dia da semana e guardá-la em potinhos plásticos, com porções individuais. Então, apenas esquentam a marmita antes de consumi-la. 

A prática pode ser perigosa. É o que sugere um novo estudo da revista científica Enviromental Science & Technology. De acordo com a publicação, o contato do material com as ondas de calor pode liberar substâncias tóxicas ao ser humano. A radioatividade aumenta os riscos da pessoa ter câncer, sugere o estudo. 

Não é de hoje que existem publicações científicas alertando para o risco de usar plástico no micro-ondas. O material pode liberar pequenas partículas – invisíveis aos olhos humanos – chamadas de micro plásticos. Com o passar do tempo, existe o risco das partículas chegarem em órgãos, como o rim, fígado, cérebro, entre outros. 

Para a publicação, o risco ainda é maior em crianças. Afinal de contas, o organismo delas ainda não é plenamente desenvolvido como o de um adulto. Então, o recomendado é tomar cuidado. O estudo concluiu que os riscos existem para qualquer tipo de plástico que é esquentado no micro-ondas. 

Veja também: Brasileiros estão BRAVOS com a mudança na CNH: descubra o que aconteceu

Afinal, como esquentar o alimento? 

Embora existam diversos estudos não recomendado esquentar plástico no micro-ondas, esse hábito ainda é comum. Muitas vezes, a própria fabricante incentiva a prática. Na embalagem do item, informam que não há problema em esquentá-lo com o eletrodoméstico. Ou seja, não há consenso. O recomendado é seguir as instruções do fabricante. 

Mas, caso você esteja com receio, existem alguns hábitos que você pode adotar. Caso consuma as refeições em casa, dê preferência aos potes de vidro. Caso contrário, tenha um plástico de vidro no seu ambiente de trabalho. Dessa forma, é possível transferir o alimento para a louça e assim, usar o micro-ondas. De acordo com o estudo, a prática pode diminuir os riscos do uso do eletrodoméstico. 

Veja também: Perder PESO está difícil? Confira as melhores dicas para SECAR com saúde!