Claro, Tim e Vivo apresentam serviço contra fraudes bancárias; saiba mais

De acordo com as operadoras Claro, Tim e Vivo, o novo serviço irá atuar contra as fraudes bancárias. Descubra como a nova ferramenta vai funcionar.

Claro, Tim e Vivo são as três maiores operadoras de celular no Brasil. Elas se juntaram para oferecer um serviço inédito, que promete acabar com as fraudes bancárias. Vale destacar que golpes são comuns no Brasil – e em outros países. Muitas vezes, as vítimas têm um grande prejuízo financeiro, após terem suas contas invadidas. Afinal, os criminosos roubam os dados das pessoas. 

Então, é necessário se proteger. Por mais que existam muitas campanhas contra fraudes bancárias, os golpistas aperfeiçoam suas técnicas cada vez mais. Então, até mesmo a pessoa mais prevenida pode acabar caindo em algum golpe, alertam os especialistas. O novo recurso está sendo bem aceito pela comunidade. Continue lendo esta matéria para saber do que se trata o serviço da Claro, Tim e Vivo. 

fraudes_bancárias
Claro, Tim e Vivo se unem contra as fraudes bancárias – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Claro, Tim e Vivo e unem contra a fraude bancária; entenda 

Antes de mais nada, é importante deixar claro que a iniciativa parte de uma ação global. A (Global System for Mobile Communications), associação internacional responsável por representar as operadoras, lançou a campanha Open Gateway. Ao todo, 40 empresas do ramo, em todo o mundo, fazem parte da iniciativa. Na prática, os golpistas terão mais dificuldades. Trata-se de uma ação inédita, de acordo com os especialistas. 

Como a iniciativa funciona

Vale mencionar que o cliente não precisará fazer nada. Na verdade, a ação da Claro, Tim e Vivo irá acontecer por meio do compartilhamento de dados e informações. Na prática, as operadoras irão criar um novo sistema, para que seja possível identificar fraudes no começo. Um exemplo acontece quando precisamos trocar de senha. 

As plataformas costumam pedir o número de celular da pessoa, o que pode ocasionar uma fraude. Afinal, muitos golpistas colocam números diferentes. O mesmo acontece quando um criminoso decide solicitar a portabilidade de número da vítima, tendo acesso ao seu telefone. 

Com a iniciativa, o usuário não precisará mais usar o recurso do código SMS para a troca de senha. A tecnologia irá identificar se a pessoa que está tentando efetuar a troca, de fato, é a dona da conta. O mesmo será válido para a portabilidade do número. Informações como o dispositivo e localização do usuário irão ajudar na iniciativa da Claro, Tim e Vivo. 

Veja também: WhatsApp lança código secreto de proteção: aprenda a usar

Como se proteger de golpes

Por enquanto não é possível usar a nova ferramenta da Claro, Tim e Vivo, os usuários podem tomar outras iniciativas. Em primeiro lugar, devem ficar atentos às mensagens recebidas pelo SMS ou e-mail. Quando o tom é alarmista, existe uma grande probabilidade de se tratar de um golpe. 

Outro ponto importante diz respeito aos links que o usuário acessa. Recomenda-se clicar, apenas, em sites confiáveis. Vale destacar que muitas vezes, os golpistas enviam links falsos. Ao acessar a página, o usuário corre o risco de instalar um vírus, pode roubar todas as informações sensíveis do dispositivo. 

Veja também: Novo recurso de privacidade chega ao WhatsApp: saiba como utilizá-lo