SAIU a lista do governo com cidades que vão receber o bolsa Família ANTES do prazo

O Bolsa Família vai ser entregue para alguns brasileiros antes do calendário oficial. Isso se deve a algumas dificuldades enfrentadas pela população.

O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) divulgou uma lista de cidades que receberão o pagamento antecipado do Bolsa Família neste mês de abril.

Essa é uma medida que visa apoiar famílias em situação de vulnerabilidade em municípios afetados por emergências naturais.

Esta iniciativa é um esforço do governo para garantir que os recursos necessários cheguem rapidamente às famílias que enfrentam dificuldades financeiras devido a desastres naturais como fortes chuvas e alagamentos. Confira.

Se você recebe o Bolsa Família e é morador de uma dessas cidades, pode ter acesso ao pagamento antecipadamente. COnfira.
Se você recebe o Bolsa Família e é morador de uma dessas cidades, pode ter acesso ao pagamento antecipadamente. Confira. / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Municípios afetados por emergências recebem suporte

Quase 100 municípios brasileiros, reconhecidos em estado de emergência ou calamidade pública pelo Governo Federal, se beneficiarão dessa antecipação.

A lista inclui cidades de diversos estados, entre eles São Paulo, Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Confira:

EstadoCidades
BahiaAnagé, Baixa Grande, Cansanção, Cocos, Contendas do Sincorá, Coronel João Sá, Cravolândia, Dário Meira, Ibiçuí, Iguaí, Itaju da Colônia, Lagoa Real,
Lajedinho, Lajedo do Tabocal, Medeiros Neto, Mirangaba, Monte Santo, Mortugaba, Muquém de São Francisco, Mutuípe, Nova Canaã, Paratinga, Pintadas,
Presidente Jânio Quadros, Quijingue, Rafael Jambeiro, Remanso, São Miguel das Matas, Saubara, Serra Preta, Tanquinho, Tremedal, Tucano, Ubaíra, Valente, Wagner, Wanderley.
AcreAssis Brasil, Brasileia, Capixaba, Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia, Feijó, Jordão, Manoel Urbano, Marechal Thaumaturgo, Plácido de Castro,
Porto Acre, Porto Walter, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira, Tarauacá, Xapuri.
Rio Grande do SulAgudo, Bom Retiro do Sul, Campo Bom, Colinas, Cruz Alta, Dezesseis de Novembro, Eldorado do Sul, Estrela, Lajeado, Mucum, Panambi,
Pantano Grande, Parobé, Restinga Seca, Santa Maria,
Santo Ângelo, Santo Expedito do Sul, São João de Meriti, Teutônia, Tabai, Venâncio Aires.
Rio de JaneiroBelford Roxo, Duque de Caxias, Japeri, Mesquita, Mendes, Nova Iguaçu, Queimados, São João de Meriti, Teresópolis.
RoraimaAmajari, Alto Alegre, Canta, Caracaraí, Iracema, Mucajaí,
Normandia, Pacaraima, Uiramutã.

Veja mais: Perdeu o cartão do Bolsa Família? Veja como SOLICITAR a 2ª via e sacar SEM ele

Medidas complementares de suporte

Além da antecipação dos pagamentos, esses municípios terão prazos prorrogados para a atualização cadastral e repercussão nos benefícios do Bolsa Família para processos de Averiguação e Revisão Cadastral.

Tais medidas são cruciais para assegurar que as famílias afetadas continuem acessando os benefícios sociais sem interrupções, proporcionando um suporte fundamental durante este período desafiador.

Detalhes do calendário de pagamento do Bolsa Família

O pagamento do Bolsa Família será realizado pela Caixa Econômica Federal, seguindo um calendário escalonado baseado no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) do beneficiário.

Confira as datas de pagamento para abril:

  • NIS de final 1: 17 de abril;
  • NIS de final 2: 18 de abril;
  • NIS de final 3: 19 de abril;
  • NIS de final 4: 20 de abril (antecipado para sábado);
  • NIS de final 5: 23 de abril;
  • NIS de final 6: 24 de abril;
  • NIS de final 7: 25 de abril;
  • NIS de final 8: 26 de abril;
  • NIS de final 9: 27 de abril (antecipado para sábado);
  • NIS de final 0: 30 de abril.

Fique atento: Quanto tempo o Bolsa Família demora para APROVAR o cadastro? Confira detalhes!

Impacto da antecipação do Bolsa Família

Esta antecipação é mais do que uma medida de emergência; ela reflete o compromisso do governo em assegurar que nenhuma família beneficiária do programa fique sem acesso a recursos em tempos de necessidade.

Ao garantir que o dinheiro chegue mais cedo às mãos de quem realmente precisa, o MDS espera aliviar as tensões financeiras causadas por desastres inesperados e ajudar as famílias a se recuperarem mais rapidamente.

Acompanhe mais: Banco Santander abre portas para o futuro: 60 mil bolsas de estudo disponíveis em cursos de tecnologia, veja como conseguir a sua!