Chip para o cérebro criado por Elon Musk está levantando muita POLÊMICA: saiba como funciona!

O empresário que não sai dos holofotes das polêmicas comentou que em até seis meses pretende disponibilizar testes enfáticos sobre a Neuralink.

A saber: depois de investir na SpaceX para promover missões a outros planetas como Marte, e mostrar interesse no Twitter, Elon Musk está de volta para todavia falar sobre seu projeto mais polémico. Neuralink é uma inteligência artificial que, outrossim, pode ser injetada no cérebro humano por meio de um implante de chip instalado por meio de uma operação duvidosa.

Se o protótipo do microchip deu seus primeiros passos em 2021, pode-se dizer que, antes de tudo, o estágio atual parece ser bastante avançado. A quantidade de tecnologia implementada pelas equipes que trabalham com os empreendedores ajuda a agilizar os planos. Saiba mais sobre esses planos.

Chip para o cérebro criado por Elon Musk está levantando muita POLÊMICA: saiba como funciona!
O sonho de Elon Musk – Foto: divulgação

O objetivo final preocupa os neurocientistas

O próximo passo é a introdução oficial do Neuralink como produto comercializável em diversos segmentos da economia mundial. Embora os testes tenham sido feitos em porcos e macacos, com a justificativa de ser um avanço para a saúde pública e o bem-estar da humanidade os neurocientistas desconfiam das aspirações de Elon Musk.

Os pesquisadores dizem que o procedimento em voluntários humanos deve ser mais fundamentado, dados os riscos de morte nessas cirurgias desconhecidas. Um dos maiores órgãos reguladores dos Estados Unidos já recebeu documentos que precisam ser auditados.

Antes de mais nada, a Neuralink tem um longo caminho a percorrer para lidar com a burocracia dessas agências. mas tente prever o sucesso ou fracasso da revisão final: impossível. Um ensaio clínico, uma fase chave do ensaio começará no próximo ano.

Quais são os benefícios dos chips cerebrais?

Segundo Elon Musk, os benefícios dos chips cerebrais estão associados ao controle do sistema nervoso de pacientes com determinadas doenças. A dificuldade motora é uma das principais doenças que o Neuralink visa tratar. A função deve sempre ajudar a prevenir níveis de Alzheimer e demência ao longo do envelhecimento dos quais ninguém pode escapar.

Veja também: Consulte e descubra QUEM tem direito a parcela de R$ 712,00 agora em dezembro

Fundação é o livro que inspirou Elon Musk

Elon Musk já revelou que gosta de ler nas horas vagas, pois mesmo tendo diversas empresas em carteira, procura aproveitar os momentos com inteligência. Ela tem uma rotina bem planejada, gosta de férias luxuosas e acompanha a evolução dos filhos com a cantora Grimes mesmo após o divórcio.

O empresário revelou que alguns de seus planos de negócios são baseados nos universos futuristas da literatura. A obra mais popular de Isaac Asimov, The Foundation, é uma coleção publicada pela primeira vez em 1942. O livro conta a evolução de uma sociedade futurista. A história é popular porque traz uma visão de longo prazo do tempo que resultou da tecnologia. Mesmo que seja de forma sonhadora.

Em busca da história perdida

Na história há um historiador psicopata conhecido como Hari Seldon que prevê a perda total do conhecimento. Então ele cria uma estratégia para evitar isso, impedindo a ascensão da fundação. comandado pelo Império. Trantor está no limite da galáxia e quer reorganizar a sociedade. Neste caso, para Elon Musk, este último é uma analogia com a própria Terra.

Em conclusão: a conexão entre ficção e realidade

A saber: como mencionado acima, Trantor seria a terra e Terminus seria Marte, responsável por guiar os próximos passos da revolução tecnológica. A ideia é que surgisse algum tipo de organização avançada e sofisticada, deixando para trás o mundo analógico e até o digital. Essa abordagem, em primeiro lugar, explica por que a SpaceX planeja alcançar o planeta vermelho e colonizá-lo gradualmente. Tesla e Neuralink também encontram no livro suas origens de inspiração.

Veja também: Está precisando de dinheiro? Veja como conseguir um emprego TEMPORÁRIO de fim de ano