Carteira de motorista GRÁTIS? Saiba tudo sobre a ação que garante CNH gratuita

Documento é importante tanto para quem quer dirigir quanto para quem precisa para encontrar um emprego

A necessidade de se tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é encarada por brasileiros de diferentes formas. Para muitos, é apenas um desejo de poder conduzir veículos, seja a passeio ou comodidade. Para outros, no entanto, é uma oportunidade de aumentar as chances para conseguir um emprego. Porém, o alto custo afasta uma boa parte da população. Por isso, ter a oportunidade de conseguir um carteira de motorista inteiramente grátis pode ser a materialização de um sonho. Saiba os detalhes em nosso texto abaixo.

Carteira de motorista GRÁTIS
Como obter sua CNH grátis? – Imagem: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Tirar CNH já custa quase R$ 3 mil

Sem dúvida, a cada ano que passa, as carteiras de motorista parecem ficar ainda mais caras. Por isso, conquistar a primeira habilitação é um desafio muito grande para alguma pessoas. Isso porque em alguns estados brasileiros, a CNH pode custar até R$ 3 mil.

A saber, tal justificativa dada para esse valor tão elevado vem das autoescolas e suas aulas práticas além de todo o aparato para disponibilizar carros, professores e tributos a serem pagos. Ainda assim, não é preciso pagar todo esse valor de uma vez e sim por etapas do processo de emissão do documento.

Porém, repetimos, não é todo mundo que pode simplesmente sacar R$ 3 mil de sua conta bancária. Por isso, há a possibilidade de pessoas com menos condições financeiras conquistarem sua primeira habilitação por meio do programa CNH Social como iremos conferir a seguir.

Veja também: Lista reúne todos os ESTADOS brasileiros que aprovaram a CNH GRATUITA através de programa

Como fazer sua carteira de motorista inteiramente grátis?

É importante citar que nem todos os estados brasileiros oferecem a CNH Social. Desse modo, segue a lista das unidades federativas onde o serviço fica disponível:

  • Acre
  • Amazonas
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maceió (capital de Alagoas)
  • Mato Grosso do Sul
  • Pará
  • Paraíba
  • Pernambuco
  • Rio Grande do Norte
  • Roraima
  • Sergipe

Em Goiás, por exemplo, a Lei nº 20.637 foi criada em 2019, é a que faz o projeto ser ainda muito recente e pode chegar em outros estados brasileiros. Assim sendo há critérios a serem seguidos antes de solicitar sua CNH Social.

Em primeiro lugar, o programa é destinado às pessoas pertencentes a um grupo familiar de baixa renda. Em geral, essa comprovação pode ser feita mantendo uma inscrição ativa e regular no Cadastro Único (CadÚnico). Após isso, quem tiver interesse deve procurar o site do Departamento de Trânsito (Detran) do estado participante.

Por fim, a CNH Social costuma ser dividida por categorias, e é necessário indicar a qual se pertence no momento em que for fazer a inscrição. Dessa maneira, informamos elas logo abaixo:

  • Estudantil: para jovens de 18 a 25 anos que concluíram o ensino médio nas escolas públicas estaduais;
  • Urbana: para quem mora nas zona urbanas estaduais;
  • Rural: para quem mora nas zonas rurais estaduais.

Se interessou? Então, não perca tempo e se pertencer à alguma das regiões, procure o endereço virtual do Detran e aumente suas chances!

Veja também: CNH SOCIAL: veja se você poderá PARTICIPAR do programa que garante Carteira de Motorista GRÁTIS