Cartão Alimentação Escolar: Como Solicitar, Regiões e Valores!

Vinicius ColaresVinicius Colares
Atualizado Hoje!

Cartão Alimentação Escolar – Confira mais detalhes sobre esse tipo de programa que está surgindo em diversos estados do país!

Muitas pessoas estão precisando de ajuda do Governo para conseguir manter a comida na mesa e as contas pagas ao mesmo tempo. É por isso que o Cartão Alimentação Escolar surgiu em várias regiões do país. 

A intenção desse tipo de ação é justamente ajudar famílias que possuem crianças ou jovens que estão sem aulas presenciais graças ao novo coronavírus. Muitos estão sem contar com uma das refeições do dia que era feita através da merenda, por isso essa ajuda é essencial. 

A seguir vamos falar um pouco sobre essas oportunidades e sobre como você poderá obter esse benefício e garantir esse auxílio que pode ser um grande diferencial. Fique ligado e saiba como procurar na sua região!

Cartão Alimentação Escolar
Imagem: Divulgação

Cartão Alimentação Escolar Como Funciona

Primeiramente, como funciona o Cartão Alimentação Escolar? Essa é uma questão sem uma resposta única já que esse não é um programa nacional, mas sim ofertado pelos Governos Estaduais de diversas regiões. 

Em cada um das regiões o programa funciona de uma forma diferente. É importante, portanto, que você fique ligado para os governos locais: se informe se o seu Estado está disponibilizando ou então se o seu Município está oferecendo esse tipo de ajuda. 

Na maioria das cidades e estados que estão fazendo isso, é necessário ter uma criança que possui matrícula ativa em escola pública da rede estadual. Também é necessário, geralmente, estar no Cadastro Único (CadÚnico). 

Onde Solicitar Cartão Alimentação Escolar 

Mas e onde solicitar o Cartão Alimentação Escolar? É importante, como dito anteriormente, que você se informe ligando para sua prefeitura para saber se está disponível esse tipo de programa em sua cidade ou estado. 

Em algumas regiões, como São Paulo, por exemplo, o Programa Cartão Merenda Escolar irá disponibilizar um auxílio específico para cada criança da família. Esse cadastro não precisa ser feito já que os cadastros serão feitos diretamente no nome das crianças e serão distribuídos nas escolas. 

Já no Governo do Pará, por exemplo, a entrega dos cartões de vale-alimentação escolar já estão na fase final. As entregas estão sendo feitas nas Unidades Regionais de Educação (UREs) para responsáveis ou alunos que ainda não retiraram o benefício. 

Outra opção são os Cartões de Alimentação Escolar do Pernambuco. De acordo com o governo local, a entrega será voltada para pessoas com dados atualizados nas bases de dados do Cadastro Único e do sistema de informações da Secretaria de Educação. 

No Estado do Rio de Janeiro também foram confirmados vales-alimentação de R$ 100 para merenda. A ideia é beneficiar alunos da rede pública estadual durante esse período de interrupção das aulas graças ao Covid-19. 

No caso específico do Rio de Janeiro, quem não conseguiu receber o primeiro lote pode fazer o cadastro para Solicitar o Cartão Cesta Básica no site: https://cartao-alimentacao.apps.rio.gov.br/

Valor Cartão Alimentação Escolar

Por fim, os valores do Auxílio Alimentação Escolar também não são nacionais. Os benefícios variam de acordo com a região que você mora, sendo muitas vezes o valor municipal maior do que o estadual. 

A seguir vamos trazer alguns dos valores disponíveis em cada região:

  • Cartão Alimentação RJ: R$ 100,00;
  • Programa Cartão Merenda Escolar SP: R$ 85,00;
  • Vale-Alimentação Pará: R$ 80,00; 
  • Cartão Alimentação Escolar Pernambuco: R$ 50,00; 
  • Bolsa Alimentação Escolar Emergencial DF: de R$ 59,70 a R$ 179,10;
  • Bolsa Merenda MG: R$ 50,00. 

Em todos os estados estão sendo distribuídos valores parecidos ou então, em casos como o Rio Grande do Sul, cestas básicas estão sendo ofertadas com recursos próprios. Portanto, procure se informar na sua região para conseguir receber o Auxílio de Alimentação Escolar

Conheça também tudo sobre o Auxílio Merenda em Casa: https://pronatec.pro.br/auxilio-merenda-em-casa-beneficio-pode-chegar-a-r-16500/

 

Leia Também