Calendário de pagamento de MARÇO do Bolsa Família já está disponível e chega com SURPRESAS

O Bolsa Família divulgou o calendário de março, começando os pagamentos no dia 15, seguindo a ordem do Número de Identificação Social (NIS), até o dia 28.

O Programa Bolsa Família (PBF) é um marco na história das políticas públicas brasileiras, representando um instrumento fundamental na luta contra a pobreza e a desigualdade social no país. 

Criado em 2003, o programa transcende a mera transferência de renda, configurando-se como uma rede de proteção social que impacta a vida de milhões de famílias em todo o território nacional.

Continue lendo esta matéria para conferir o calendário de março. 

Calendário de pagamento de MARÇO do Bolsa Família já está disponível e chega com SURPRESAS
Confira o novo calendário do Bolsa Família – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Governo anuncia novo calendário do Bolsa Família; confira

O programa Bolsa Família, essencial para mais de 21 milhões de famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade social e econômica, revelou o calendário de pagamentos para março. 

O governo federal definiu que os benefícios, administrados através da Poupança Social do Caixa Tem, começarão a ser pagos no dia 15, seguindo a ordem do Número de Identificação Social (NIS). 

Essa medida visa proporcionar uma distribuição organizada e eficiente dos recursos, assegurando que os beneficiários possam planejar suas finanças com antecedência. 

A distribuição dos pagamentos será realizada até o dia 28 de março, beneficiando gradativamente as famílias conforme o último dígito do NIS, de 1 a 0.

Este novo calendário enfatiza a contínua dedicação do governo em manter o suporte financeiro às famílias que mais necessitam. 

Além de facilitar transações financeiras como transferências e pagamentos via Caixa Tem, o programa Bolsa Família se compromete a assegurar que os auxílios cheguem a quem realmente precisa. 

Com a organização e transparência deste processo, o Bolsa Família não só ajuda a aliviar as dificuldades econômicas das famílias vulneráveis, mas também reforça a importância de políticas públicas inclusivas e acessíveis para todos os brasileiros.

Cronograma de pagamentos

Com base nisso, confira o calendário do Bolsa Família. 

  • O NIS que termina em 1 vai receber no dia 15 de março;
  • O NIS que termina em 2 vai receber no dia 18 de março;
  • O NIS que termina em 3 vai receber no dia 19 de março;
  • O NIS que termina em 4 vai receber no dia 20 de março;
  • O NIS que termina em 5 vai receber no dia 21 de março;
  • O NIS que termina em 6 vai receber no dia 22 de março;
  • O NIS que termina em 7 vai receber no dia 25 de março;
  • O NIS que termina em 8 vai receber no dia 26 de março;
  • O NIS que termina em 9 vai receber no dia 27 de março;
  • O NIS que termina em 0 vai receber no dia 28 de março.

Veja também: Bolsa Família está chegando com SURPRESA em fevereiro

Como se inscrever na transferência de renda

Antes de tudo, certifique-se de que sua família se enquadra nos critérios de renda estabelecidos pelo programa Bolsa Família. Agora, é necessário se inscrever no CadÚnico. 

Para se inscrever no Cadastro Único (CadÚnico) e tornar-se elegível para o Bolsa Família, siga estes passos simples e objetivos:

  • Reúna os documentos de todos os membros da família. Isso inclui RG, CPF, título de eleitor, certidão de nascimento ou casamento, além de comprovantes de renda e residência.
  • Dirija-se ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo da sua residência. O CRAS é responsável por realizar o cadastramento das famílias no CadÚnico.
  • No CRAS, você passará por uma entrevista onde suas informações familiares e socioeconômicas serão coletadas. Este é o momento de fornecer todos os documentos reunidos.
  • Após a inscrição, suas informações serão analisadas para determinar se sua família é elegível para receber o benefício do Bolsa Família.
  • Mantenha suas informações atualizadas no CadÚnico. Mudanças na composição familiar, endereço ou renda devem ser informadas ao CRAS.

Veja também: Novos pagamentos do Bolsa Família: brasileiros estão sendo SURPREENDIDOS