CAIXA aprova 3 saques para milhares de trabalhadores; descubra se você tem direito ao dinheiro extra

Trabalhadores podem ter direito aos saques; veja mais!

Os trabalhadores brasileiros devem ficar atentos, pois eles podem ter direito a receber até três saques que foram liberados pela Caixa Econômica Federal. Dessa maneira, os recursos ainda estão disponíveis para o saque ainda no ano de 2022, e eles contemplam milhares de trabalhadores. Assim, os saques são referentes ao PIS/Pasep (Programa de Integração Social e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

Por essa razão, é importante destacar que cada saque possui as suas próprias regras e também os públicos que eles contemplam. No caso do PIS, por exemplo, ele vale para trabalhadores da iniciativa privada e a responsabilidade é da Caixa; já com relação ao Pasep, ele se volta para funcionários públicos e a responsabilidade é do Banco do Brasil. Veja mais a seguir.

CAIXA aprova 3 saques para milhares de trabalhadores; descubra se você tem direito ao dinheiro extra
Saiba mais sobre os saques disponíveis pela Caixa / Imagem: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Saques PIS/Pasep liberados

Em primeiro lugar, vale a pena comentar que os saques do PIS/Pasep que os trabalhadores podem ter acesso são referentes a dois anos-base: 2019 e 2020. Os requisitos para poder ter acesso ao dinheiro são os seguintes:

  • Ter tido remuneração de até dois salários mínimos no ano-base em questão;
  • Estar com as informações corretas no cadastro no e-Social ou no Rais, algo feito pelo empregador;
  • Ter desempenhado atividades de trabalho por no mínimo 30 dias com relação ao ano-base (2019 ou 2020, ou ambos);
  • Ter inscrição há, pelo menos, cinco anos no PIS/Pasep, com relação ao ano-base.

Neste sentido, quem deseja sacar poderá solicitar o resgate do dinheiro até o dia 29 de dezembro deste ano. Mas, antes de fazer a solicitação, é importante consultar para saber se a pessoa tem direito ou não ao valor. Assim, a consulta pode ser feita tanto pelo número 158, pela Central Alô, Trabalhador, quanto pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital, pelo endereço: https://bityli.com/NdhrOJ.

Se o trabalhador tiver direito, a solicitação pode ser feita pelo telefone 158, pelo endereço de e-mail uf@economia.gov.br, substituindo “UF” pela sigla do estado de residência do trabalhador ou pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital. Vale lembrar que o depósito de 2020 foi feito no início do ano automaticamente, mas o de 2019 é necessário solicitar. Isso porque o calendário de depósitos original já terminou.

Veja também: Abono salarial com pagamento DOBRADO neste mês? Descubra se você também pode sacar

Saque do FGTS

Outra possiblidade de saque é referente ao saque extraordinário do FGTS. Assim, esse saque foi um dinheiro que o Governo Federal liberou da conta dos trabalhadores, no início do ano. Os cidadãos poderão sacar a quantia de até R$ 1 mil, dependendo do valor que tiveram nas suas contas do FGTS.

Além disso, é válido comentar que o saque não é obrigatório. Quem quiser sacar possui essa possibilidade, mas, quem não quiser, pode esperar a data limite chegar. Após o período, o valor volta para a conta de origem. Os depósitos, apesar de terem terminado em junho, ainda estarão disponíveis para resgate até o dia 15 de dezembro. Portanto, após essa data, quem não tiver resgatado o valor não poderá mais fazê-lo.

A solicitação pode ser feita pelo aplicativo do FGTS, pelo endereço: https://bityli.com/qzXXd.

Veja também: Ainda posso SACAR o FGTS em 2022? Confira os prazos e as modalidades de resgate do dinheiro