- Publicidade -

Cadastro no Tarifa Social em 2022 tem atualização: Veja como participar e receber o benefício

Cerca de 358 mil famílias são elegíveis no Pará

0

A Tarifa Social de Energia Elétrica, que é a responsável por conceder descontos de até 65% na conta de energia para as famílias consideradas de baixa renda, quilombolas e indígenas, vai começar a partir deste mês a ampliar sua área de atuação através de um mecanismo de cadastramento automático.

- Publicidade -

As pessoas que se enquadrarem nos requisitos solicitados pelo governo para participar, mas que ainda não estão recebendo o benefício, serão inseridas através cruzamento de dados entre os sistemas da Equatorial Pará e do Ministério da Cidadania.

Esse cadastro automático da população vai ocorrer de forma mensal, a partir do momento em que o Ministério da Cidadania disponibilizar ao setor de energia as bases do programa Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e também do Benefício de Prestação Continuada, conhecido como BPC.

Ao realizar o cruzamento de dados, com as casas de classe que já são atendidas, o cadastro ocorrerá de forma automática e será feito pelas distribuidoras para as famílias que se enquadrarem nos requisitos.

Cadastro no Tarifa Social em 2022 tem atualização Veja como participar e receber o benefício
358 mil famílias podem ser beneficiadas com o Programa Tarifa Social.
(Fernando Frazão/Agência Brasil)

- Publicidade -

Famílias potencialmente elegíveis

Um levantamento realizado pelo Equatorial Pará mostrou que, existem cerca de 358 mil famílias elegíveis para fazerem parte do Programa Tarifa Social, isso porque elas já estão na base do CadÚnico. É importante explicar que, caso o portador do Cadastro Único não seja o mesmo da conta contrato com a Equatorial, o cadastro não será feito de forma automática.

Gilliard Vaz, gerente de relacionamento com o cliente da Equatorial Pará, traz algumas explicações sobre o assunto. “Para que o cadastro seja feito de forma automática, é necessário que cada beneficiário do NIS ou BPC informe no CRAS de seu município o número de sua conta contrato. Dessa forma, independentemente de ele ser o titular ou não, o benefício será concedido para aquela conta contrato.”

Caso o cliente deseje, ele pode acessar os canais de atendimento da empresa para verificar o estado da sua situação cadastral.

- Publicidade -

Veja também: Nova Atualização no Aplicativo do Auxílio Brasil em 2022: O que deve mudar?

Requisitos

Para participar a família deve estar inscrita no CadÚnico e ter uma renda de até meio salário mínimo por pessoa, ser idoso ou deficiente que recebe o BPC de até um quarto do salário mínimo, o NIS precisa estar com cadastro atualizado nos últimos dois anos, famílias do Cadastro Único onde haja portador de doença que necessite de aparelhos ligados à energia e famílias indígenas ou quilombolas inscritas no CadÚnico com renda menor ou igual a meio salário mínimo.

Veja também: Novidade! Empréstimo consignado Auxílio Brasil: Será lançado em 2022?

- Publicidade -

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais