Brasileiros poderão sacar o fundo de R$ 1.000 somente até HOJE: não perca a chance!

O saque extraordinário do FGTS pode ser realizado pelos trabalhadores até o dia 15 de dezembro.

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um fundo criado com o intuito de proteger o trabalhador que for demitido sem justa causa. Dessa forma, o empregador deve abrir uma conta vinculada a conta de trabalho do funcionário na Caixa Econômica Federal e depositar 8% do salário bruto.

Além da possibilidade de retirar os valores após a demissão, também existem saques anuais que permitem que o trabalhador possa sacar parte do valor presente na sua conta do fundo de garantia, e uma dessas oportunidades chega ao fim nesta quinta-feira (15).

Saque extraordinnário do FGTS pode ser realizado até o dia 15 de dezembro. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Hoje acaba o saque extraordinário do FGTS

Nesta quinta-feira (15), a modalidade de saque extraordinário do FGTS chega ao fim. Até o presente momento, mais de 10 milhões de trabalhadores ainda não retiraram o saque que pode chegar a até R$ 1 mil. Assim, quem não realizar o resgate do valor até hoje, não poderá mais acessar o dinheiro.

Após o último dia para realizar o saque desta modalidade, o trabalhador só poderá ter acesso aos valores das modalidades tradicionais, que são: saque-rescisão, saque-aniversário, por aposentadoria, para compra de imóvel e outros.

Os trabalhadores poderão ter acesso ao valor de até R$ 1 mil, que podem vir de contas ativas e inativas. Além disso, aqueles que tiverem menos do que este valor podem resgatar todo o saldo que estiver disponível na conta poupança digital do Caixa Tem.

Confira também: Calendário para SAQUE do FGTS em 2023 já está DISPONÍVEL; veja quando você receberá

Como saber se tem direito ao saque extraordinário?

Os trabalhadores podem consultar se têm acesso ao saque extraordinário através do aplicativo do FGTS, que está disponível para iOS e Android (bit.ly/3Wfrdze) ou através de uma agência da Caixa Econômica Federal.

Ainda de acordo com a Caixa, o saque também está disponível para os trabalhadores que não receberam de forma automática no Caixa Tem, ou que tiverem os valores creditados no aplicativo, mas não realizaram movimentações no prazo de até 90 dias e o dinheiro retornou para a conta do FGTS.

O aplicativo do FGTS e as agências da instituição financeira também permitem realizar as seguintes consultas:

  • Consultar o valor a ser creditado;
  • Consultar a data de crédito na conta poupança social digital do Caixa Tem;
  • Informar qu7e não quer receber o crédito do valor;
  • Solicitar o retorno do valor creditado para a conta FGTS;
  • Alterar o cadastro para a criação de conta poupança social digital.

Vale ressaltar que caso o dinheiro não esteja presente no Caixa Tem, o trabalhador deve acessar o aplicativo do FGTS, clicar em “Saque Extraordinário”, confirmar os dados cadastrais e depois clicar em “Solicitar Saque”. Após realizar este procedimento, o dinheiro deve cair em sua conta do Caixa Tem em até 15 dias corridos.

Os trabalhadores que não desejarem retirar o valor não precisam realizar nenhuma solicitação, isso porque após a data final para movimentar o saldo, o dinheiro será corrigido e retornará a conta originária do fundo de garantia.

Saiba mais: ALERTA para todos os trabalhadores com carteira assinada: informação importante sobre o FGTS